segunda-feira, 31 de março de 2008

Suicídio Sumário

As pessoas cada vez têm menos pachorra para conversas sem sumo, programas sem sumo, histórias sem sumo... Em parte compreende-se, é que com tanta quantidade de informação, com tanta "palha" por "queimar", o que realmente importa é o "sumo"... Em suma, estamos naquela fase em que, infelizmente, já não temos paciência para pegar no "espremedor" e dar-mo-nos ao trabalho de retirar o sumo do que quer que seja...
É caso para dizer que, um dia destes, ainda nos suicidamos todos por falta de auto-(com)sumo.

Ressaca

Quando, no último dia do mês de Julho de 2007, dei por mim a tentar brincar aos Blogues, jamais imaginei mantê-lo "vivo" passados estes meses. Hoje, sofro de uma estranha necessidade de andar por cá diariamente repetidas vezes e lamento não conseguir dar vazão à quantidade de escritos que me apetece publicar, algumas das situações que me surgem no dia-a-dia e que, quando vou a ver; eram para ser escritas e publicadas "ontem".
Não menos preocupante é sentir que sou um "mau visitante", tenho vontade de participar muito mais nos Blogues de outros e... fico-me tantas e tantas vezes pela vontade - ainda dou uma espreitadela mas daí ao escrever, por vezes, vai uma "gigantesca" distância.
É incrível como o Blogue nos "afecta" tanto, nos chama tantas vezes... e eu aqui, a "ressacar" das minhas "ausências".
(para terem uma ideia tenho um lote com cerca de 300 histórias bizarras para publicar aqui no Bloguinho... e o monte não pára de aumentar de dia para dia)
domingo, 30 de março de 2008

Talvez... "Aprender"

video

Talvez... "Inverter"

video

Tavez... Rir

video
sexta-feira, 28 de março de 2008

"Traição"... no Porto Canal

Às 00H30, o "Sexualidades, Afectos e Máscaras" coloca no ar um dos mais polémicos temas;... a Traição. Com as excelentes perguntas a cargo da Jornalista Maria José Guedes e as respostas pensadas do Sexólogo Manuel Damas, este é mais um programa a não perder no Porto Canal (TV Cabo).
* Repete domingo à mesma hora.
quinta-feira, 27 de março de 2008

Talvez... Imperdível

video

Sábado - 23H30 e Domingo - 15H00

Por Aqui...


Sei que por vezes o instante se faz demora e perco-me no tempo
Rebobino a mente à procura de fotografias para perseguir o passado
Desenho nos sorrisos e nas lágrimas para pintar todos os labirintos e…
Reencontro-me sempre em Gente que me fez, faz ou fará Feliz.

Nem sempre consigo o despertar abraçado a esse lado da Paz
O maldito relógio do hoje finta-me a vontade e não pára onde quero
Mas vejo razão, emoção e sentido na curva brilhante do vento
Aquele encontro que num momento me trouxe em destino até ti.

Tal como eu, tu sabes que há histórias e partilhas que ficam
Lugares que não morrem no vazio nem na acesa luta do tédio
E é lá longe onde habita a memória que brinco sempre ao “valeu”
E mesmo hoje, este espelho das saudades confirma que aconteceu.

Há que aceitar que a vida também é um incidente e nos troca o passo
Confunde o não estar com o finito e esmorece qualquer abraço sentido
E por vezes nem o grito consegue convencer a vontade do regresso
É tão triste e despropositado perder laços por “falta de comparência”.

Sempre que não me vires ou sentires, procura-me e regista que existo
E mesmo que não me encontres ali procura-me bem, estarei aqui
Não mistures nem confundas o mar do silêncio com o gume do fim
Acredita que, queiras ou não, fazes e farás parte do ser que há em mim.

Francisco Moreira
quarta-feira, 26 de março de 2008

AMO-TE!

Hoje, perdoem, tenho que fazer referência à Mulher mais extraordinária que conheço. Chama-se Ilda e caminha para os 79 anos de uma Vida que foi feita da aprendizagem que não se ganha na escola. Sabe tudo, pensa em tudo... é Tudo.
Hoje levei-a a almoçar - costumo dizer que depois do falecimento do meu Pai sou o único namorado dela. Como sempre também, ficou-se pelos filetes de pescada - que estão sempre bem, e contou-me as histórias que lhe preenchem o dia-a-dia; aqueles "contos e ditos" sem maldade que tentam fazer concorrência às novelas que a televisão lhe dá ao longo das longas horas, aquelas em que parece viver só para mim.
Contou-me também um segredo; que o meu filho será uma filha, pois a Deusa está sempre com sono e... assim será - ditou. (sorriso)
Depois do seu "pingo" a acompanhar o meu café decidi dar-lhe uma televisão de prenda de aniversário (o meu, o nosso!) para que continue a viver as novelas com a definição e intensidade com que me brindou ao longo destes 38 anos.
Parabéns Mãe, és simplesmente a Melhor.

Concurso Vice Versa... no Porto Canal

Especialmente para quem não conhece o Vice Versa Bar (Gaia) e também para quem não conseguiu lugar na Grande Final do 7º Concurso de Karaoke, informo que é este fim-de-semana a oportunidade de ver, ouvir e sentir o que aconteceu no passado dia 9 de Março.
Porto Canal (TV Cabo) Sábado às 23H30 e Domingo às 15H00.
(infelizmente não terão acesso a alguns pormenores do grande espectáculo, inclusive algumas actuações muito interessantes, mas o tempo em televisão é compreensivelmente rigoroso)

Eu

A vida é feita de labirintos, sejam eles mais ou menos complicados, mais ou menos demorados. A minha vida não sai à regra e hoje, 38 anos depois de ter nascido, entendo que ainda tenho muito para aprender, muito para percorrer, muitos obstáculos para contornar.
A quem me pergunta se alteraria alguns dos meus caminhos, respondo convictamente que não... faria um atalho aqui, desviar-me-ia ali e tentaria chegar ao mesmo lugar. Não sou assim tão ambicioso, contento-me com o meu bem-estar e o dos que me são mais queridos.
Logicamente que cometi muitos erros e muitos mais enfrentarei... Mas hoje, fazendo um balanço, quando olho para mim, vejo quem sempre quis ser. Sou fiel aos meus princípios, tenho uma personalidade vincadamente própria e alguns objectivos importantes por concretizar.
Sei também que até poderei morrer amanhã, mas hoje... sinto que não decepcionei, principalmente a mim. É por isso que quero continuar a ser... sempre Eu.
terça-feira, 25 de março de 2008

Torta de "Nós"

Há bolos realmente especiais, aqueles que são saboreados com delicado cuidado, pedaço a pedaço... A esses "momentos" chamo de "Torta de Nós", uma mistura de "pedaços" recolhidos ao longo da vida junto das pessoas de quem gostamos. Estes "momentos" não são servidos em qualquer local nem "distribuídos" sem um verdadeiro sentido.
Confesso que mal sei estrelar um ovo mas um dia destes tiro um curso de cozinha para aprender a fazer uma completa "Torta de Nós", quanto mais não seja para saboreá-la instante a instante, convidado a convidado.
E há tanta gente a quem gostaria de dar uma "fatia"...

Talvez... Rir

video
segunda-feira, 24 de março de 2008

"Reciclaije"

"Prontos", gosto, gosto e... mai nada.
Sim, falo das festas ao jeito de romarias, independentemente do Santo que lhe dá nome ou da localidade para onde rumam os passos do "mulherio"... Sim, porque homem que é homem tem que ir 50 metros à frente e no paleio com outros.
O que importa é a festa, o "cumbíbio", a bela da bifana à "labrador", os "matrecos" e o baile com a banda "cumbidada".
Não é pelo "gozar" com as calças da moda (letras douradas em forma de ferradura no rabo e ao longo das pernas) nem tão pouco pelo dançar "feminino-acertadinho" lado a lado... Gosto dos cheiros, gosto do conceito, gosto das gentes... Rio-me de tudo e inclusive de mim, das minhas figuras, do meu falar aos berros, e dos olhares que "me colocam"...
Não há nada como uma boa festa - mesmo que quase vazia, para sentir o palpitar das pessoas que, mais do que nunca, precisam é de festa.
Venha a próxima, com ou sem os "Recliclaije ao Bibo".

Concurso Vice Versa Bar

Para ver e sentir este Sábado... no Porto Canal.

?

- A que é que brindas na tua Vida?
(a provocação também nos pode auto-valorizar)

Gentinha

Há sempre demasiado lixo na nossa cabeça, há sempre demasiado ruído no nosso sentir... É incrível como perdemos tanto do nosso precioso tempo com ditos e desditos, com culpas e desculpas, com vontades e falta de realização pessoal...
Sou da opinião de que deveria haver um ecoponto mental em cada esquina para nos despoluir dos adereços e ficar com o essencial... Deveriam inventar uma máquina de lavagem cerebral bem intencionada que, a troco de uma ou outra penitência, nos deixa-se verdadeiramente limpos de toda a poluição sonora e gestual que nos invade a todo o instante.
Há tantas coisas boas para aprender, tanto para saborear, tanto para admirar... E nós aqui, ocupados com o desfazer de um nó que, bem visto, não vale a "ponta de um chavo"...Mas que nos atrasa, nos diminui, nos "corrói" instante a instante.
Se eliminássemos todo o lixo que temos em mente, estou certo de que seríamos todos mais felizes, seríamos todos mais correctos, seríamos todos mais Gente...
domingo, 23 de março de 2008

Talvez... "Comprar"

video

Cruzes das Patacas

Hoje é dia de as cruzes sairem à rua na procura de "flores" que garantam o contributo para uma igreja mais... Enfim.
Perdoem-me aqueles que vêem no compasso um "ritual" importante, mas desde que me conheço como gente, nunca aceitei beijar uma cruz a troco de uma nota. Entendo que a fé não tem preço e que o pago por todos os "devotos" devia ser bem distribuído e não quase simplesmente aplicado em gestões financeiras de topo ou - não menos em voga, para comprar o silêncio dos "violados de tenra idade" nas terras do Tio Sam ou as "multas" dos que colocaram a "boca no trombone"...
Obviamente que o mundo não é perfeito e sempre haverá ovelhas de cor "tingida" seja qual for a entidade que puxa a si o poder de "sarar ou diluir" os pecados dos outros, sim... dos outros.
Hoje, erguem-se as cruzes - menos do que outrora, e eu só espero (sentado!) que a ASAE não intervenha, caso contrário, as "notas" dos "abençoados" não chegarão para pagar as coimas dos "cruzados"... por falta de higiene, está claro.
(não pretendo ofender, é apenas uma opinião e respeito as outras)

Pica

Por vezes sinto que o "hoje" com todos os seus facilitismos acabou por nos entregar a novas "doenças", as quais ainda não se curam com a vulgar Aspirina. Penso mesmo que há cada vez mais doenças e que a cura só encontra solução no recuo ao passado, aquela época que parece longínqua onde os telemóveis eram impensáveis - inclusive no "Espaço 1999", o comando da televisão era o indicador direito e a Internet mais se assemelhava a uma espécie de página 32 da revista Maria.
No dias que correm temos acesso a mil e uma maneiras de acontecer sem sair do lugar, e aqui é que reside o principal problema. A maior doença prende-se com o comodismo, aquele agir com um telefonema, uma palavra, um simples suspiro ou até um pensamento... Enfim, estamos a perder a vontade de fazer, de conquistar, de valorizar o percurso... E o principal problema neste problema é que a "injecção de razão" já é dada por enfermeiras virtuais, levando-nos a manter a nádega virada para o "lado" que estiver na moda.
sábado, 22 de março de 2008

Talvez... Sorrir

video

?

- O que mudarias no ser humano?

Porca e Parafuso

É nestas imagens que vimos reflectidos alguns instantes da nossa existência. A vida é tão fácil e nós arranjamos sempre maneira de a transformar em algo demasiado complexo. Mais ainda quando achamos ter resposta para todas as questões e jamais "torcemos o braço" às provas de que não é com uma "caixa de ferramentas" que "atarraxamos um qualquer parafuso". É que tudo depende do "buraco" em que nos metemos e não das hipotéticas "promessas" de resolução instantânea. Cada um escolhe a linha com que se cose mas poucos têm "agulha" para a "linha" que se descose... ponto a ponto.

Ser ou não Ser

Entre o ser, o parecer e o suposto ser... vai uma grande distância. Uma distância tão grande que, por vezes, dá vontade de aniquilar dois dos três "seres" e partir para a ignorância de ser e... nada mais, venha quem vier, aconteça o que acontecer.
O problema é que nem sempre se consegue ser ou parecer ser o suposto ser, daí esta confusa relação entre os vários seres investidos à custa daquela que - seja qual for o ser, será sempre a primeira das necessidades, aquela que se traduz numa obrigatória realidade: acontecer.
Assim sendo, por muito que se afirme que se é sempre, a verdade é que por muito que se tente jamais se é o que se diz ser... e isso reflecte-se nas constantes variantes do acontecer.
sexta-feira, 21 de março de 2008

Talvez... Rir

video

"Amo-te"... no Porto Canal

Hoje, mesmo sendo sexta-feira Santa, o "Sexualidades, Afectos e Máscaras" garante amêndoas de sabores variados a todos os que sintonizarem o Porto Canal a partir das 00H30.
A Jornalista Maria José Guedes dará "variados ovos de chocolate" ao Sexólogo Manuel Damas que continuará a medir o "peso" da palavra Amo-te.
* A repetição será domingo à mesma hora.
(nesta época Pascal entendi ser este o ícone sexy mais apropriado)

Bom Feriado

Cá estou eu em mais um feriado, aquele dia em que a grande maioria das pessoas aproveita para fazer o que mais gosta; dormir, viajar ou dar uma de entendido em "bricolage".
Há anos que não tenho essa sorte. Os únicos feriados que aproveito sem aproveitar são aqueles que calham ao fim-de-semana e, mesmo aí, acabo por trabalhar pois um dos meus trabalhos assim o exige.
Não é que esteja a reclamar, sou um felizardo por fazer aquilo que gosto... mas que por vezes dá vontade de reivindicar feriados, fazer "pontes", meter "mini-férias", não fazer literalmente nada... lá isso dá, e não menos interessante é que, com grande frequência, essa vontade dá-me quando estou em pleno feriado...
Bem, vamos mas é ao trabalho... é que é preciso animar o povo, seja feriado ou não.

Arejar Ideias

Há quem entenda que a casa-de-banho é a parte mais importante da casa, não só por ser um local de isolamento quase perfeito, mas acima de tudo por ser um excelente gerador de ideias, algumas de "trampa" - diga-se.
Adoro ler na casa-de-banho, adoro tomar um longo banho, adoro ir pensar para a casa-de-banho.
Por isso, na escolha de uma casa, se há pormenor que não me passa ao lado é a qualidade da casa-de-banho É que; assuma-se ou não, a casa-de-banho é um excelente espaço para "arejar" as ideias,... e se não forem "perfumadas" melhor.

?

- O que te dá verdadeira Paz?

Talvez... Rir

video
quinta-feira, 20 de março de 2008

Home sweet Home

Isto de andar à procura de casa é mais complicado do que imaginei, mesmo com ferramentas tão úteis como a Internet a interferir na selecção natural... Torna-se complicado entender as razões de uns e de outros (sejam eles vendedores ou conselheiros) e conjuga-las ao que entendemos ser o que queremos e/ou podemos desejar.

Se há tanta casa à venda e tão pouca gente a querer comprar, custa-me entender porque é que ando há semanas à procura da casa que seja a "nossa cara" e não consigo "acertar contas com o desejado e com os vendedores"...

Bem, ao menos fica explicado o que, além do trabalho, me tem andado a ocupar... e muito.

O Olé do Coelho

Confesso que não sou muito dado a compreender este "negócio" da Páscoa e a relação dela - Páscoa, com as viagens estudantis a Benidorm. Mas, mesmo assim, o que mais me intriga é a associação ao coelho... Será que é ele o grande responsável pela Páscoa, será o coelho uma espécie de Pai Natal que só tem orçamento para ovos e amêndoas?
Bem, prefiro continuar na ignorância, e acreditar com "muita força" que nesta altura os coelhos transformam-se em galinhas enquanto os nossos jovens aprendem o "olé" à custa de shots martelados. É que, se pensarmos bem, tem mais lógica associar os coelhos aos jovens que "ficam inconscientes" ao atravessar a "fronteira" do que às amêndoas de hipermercado... Basta pensar nas "rapidinhas" de desculpa precoce e aí teremos a vertente "coelho".
Bem, independentemente do local ou da companhia, espero e desejo que a Páscoa seja gulosamente aproveitada,... seguindo a consciência de cada um.
quarta-feira, 19 de março de 2008

Já fazia...

Desde que me conheço que ando apressado e corro atrás do tempo, mesmo quando tenho tempo... É um vício, uma loucura, uma necessidade... E o tempo urge, e o tempo passa, e o tempo não foi vivido por falta de tempo ou subaproveitamento do tempo que "já fazia".
Estou sempre a dizer que um dia destes "morro disto" e nem aí terei tempo para parar e dizer ao tempo que escusa de me empurrar para este carrocel.
E em toda esta falta de tempo o que mais me incomoda é quase não ter tempo... para mim.
Que horas são?
terça-feira, 18 de março de 2008

Filho e Pai

Ainda não sei o que é ser Pai mas já me preocupo com estas coisas... Não sei se é pela gravidez da Deusa, pela sensação tripla de responsabilidade, se pelo receio em ser um Pai demasiado protector, conselheiro, interventivo, exigente, chato, enfim...
O meu Pai nunca foi alguém presente - infelizmente o álcool não o permitiu, e faleceu há mais de uma década sem que eu experimentasse aquelas relações que sonhamos para os nossos filhos, aquelas que vimos nas fotografias da publicidade ou nos filmes de Hollywood... Mas, apesar dessa falta de vinte e muitos anos, tenho orgulho no meu Pai, tenho saudades do meu Pai, tenha pena de não ter insistido para que fosse mais Pai, para que me sentisse como mais Filho... Mas não deixemos que esta lágrima se apodere da minha escrita e permitam que me redireccione para o meu primeiro filho; aquele que, se Deus permitir, nascerá em Outubro... Hoje, e a esta distância, apetece-me dizer que tentarei ser o melhor Pai do mundo, ou seja; aquilo que todos os Pais tentam e querem ser. Por isso, permitam que exagere neste dia 19 de Março de 2008 e acrescente que é o meu primeiro Dia do Pai e que como "prenda" só quero que o meu filho(a) seja ainda mais Filho e que eu consiga ser mais Pai.

?

- Qual é o teu destino de férias de sonho?
segunda-feira, 17 de março de 2008

Adeus... Mas...

Quando uma luz que amamos se apaga
há uma terrível dor que nos seca
é que quando o fim chega e fica
não há uma única cor que resista.

Mas há sempre outra luz que se ergue
e nos traz de regresso aos carris
é que há sempre vida além do adeus
mesmo quando este não é... Feliz.

(texto dedicado ao Vsuzano, à Olá e aos que lhes são mais próximos)
sábado, 15 de março de 2008

Cumprimento de 6 mil Contos

Quem é que daria 30 mil euros para estar 1 minuto com Scarlett Joansson? Sim, ainda por cima num cinema onde vai estrear em Julho o seu mais recente filme, o da actriz e não este que aqui vos conto... É certo que o vencedor do leilão vai ter direito a dois bilhetes, a ser conduzido numa limusina e, provavelmente, terá acesso aos rissóis e aos croquetes de Drew Barrymore e Ben Affleck, sem esquecer as ostras de Jennifer Aniston.
A questão que se coloca é mesmo a dos 30 mil euros pelo aperto de mão... É que por 6 mil contos não devem faltar mãos que queiram ficar em cima do "vencedor".

Verdade Verdadinha

Um destes dias,...
Uma Chinesa casada há um mês e dois dias decidiu apanhar uma valente bebedeira em parceria com o marido. Claro que os copos falaram mais alto e acabaram por ter uma valente discussão. Mas o problema foi a mulher ter pegado fogo ao marido por este se ter deitado sem lavar os pés.
A recém-casada pegou fogo à cama onde ele estava deitado e "fritou-o" literalmente.
Se ele se salvou? Não. Consta-se que nem o aroma do "chulé" conseguiu sobreviver a tão acesa vingança.

Verdade Verdadinha

Um destes dias,...
Em Taiwan, um homem contratou uma "dançarina erótica" para tirar a roupa no funeral no pai de 103 anos. Sim, em pleno funeral... A insólita "dança" aconteceu em função de uma aposta na qual o filho se comprometeu a pagar um striptease no funeral do pai se ele ultrapassasse os 100 anos.
A stripper dançou em frente ao caixão durante cerca de 10 minutos e nem assim o morto se "levantou"...
Eu gostava era de ter acesso à cara dos presentes no funeral, deve ter sido de morte.

Talvez... Rir

video

Pimenta

Há alturas em que a pimenta faz uma falta incrível... As pessoas já nem se apercebem dos palavrões que proferem, não reparam onde os expressam e muito menos se apercebem do que dizem.
Obviamente que os comuns palavrões já quase foram "ingeridos" pelo dicionário Português, a sua utilização pelo inculto ou instruído já tem pouca margem de manobra em termos de distância. O palavrão acaba por transformar-se numa ponte em que uma determinada palavra poupa tempo e reduz a quantidade de expressões a que teríamos que recorrer para explicar o pretendido. Numa palavra apenas, fica tudo dito e explicado.
No entanto, o problema não passa pelo dizer dos palavrões mas sim pela sua localização que, tantas vezes - em termos de estratégia, transforma o seu interlocutor numa figura difícil de gerir. Eu explico; quando o palavrão tem decibéis a mais e espaço em vão a menos, há fortes hipóteses de o palavrão facilmente aceite num círculo fechado se transformar numa barbaridade de 3º escalão.
Resumidamente; a pimenta faz falta não na língua mas na cabeça.

Alicerce

Há "quadros" que têm o dom de retirar protagonismo às palavras, daí a célebre "uma imagem vale mais do que mil palavras"... Contudo, também há palavras que nem a imagem consegue reflectir com exactidão. Uma dessas palavras é das mais desejadas enquanto "conteúdo" e das mais "poupadas" enquanto discurso directo.
Obviamente que falo de Amor, aquele com letra maiúscula dita vezes sem conta e escrita das mais variadas formas e desenhos...
Não embarco no "o amor é tudo" mas acredito que o Amor consegue gerar a energia ideal para que nos sintamos Gente e encontremos sólidas razões para prosseguir neste caminho que é a Vida.
Sei que o Amor está demasiado próximo do Ódio e que por vezes se fundem sem que muitos se apercebam, mas há sempre forma de transforma-los em água e azeite para que "no fundo" fique à tona o melhor deles, aquele alicerce que nos faz Bem e pelo qual nos devemos sempre orgulhar.
Sou Feliz por Amar, sou Feliz por ser Amado... e que o Ódio se lixe, de preferência na "terceira pessoa".

Olha para o que eu digo...

Há momentos em que tenho vontade de explodir de raiva por não aprender que a vida é feita de pormenores que não merecem o tanto com que nos dedicamos. Por vezes dou comigo a reclamar (comigo!) sobre a importância que dou a certos instantes que não merecem figurar em qualquer livro de memórias.
Há coisas tão importantes para fazer, aprender e conquistar... Mas o ser humano é assim, é capaz de se gladiar por um "fósforo apagado" e "incendiar-se por uma palha"... E o pior é saber que as energias gastas no fósforo podem fazer falta à energia necessária para construir um (nosso) bem melhor.
Maldita incongruência esta em que invertemos os valores e reviramos a balança porque, simplesmente, "investimo-nos" de guerreiros de corpo e alma em versão "full-time"... E a verdadeira guerra é outra, não se faz de fósforos nem de palhas, faz-se de acções e de verdadeiros conteúdos.

Foram estes...

Para já, e sem excepção, os rostos. Em breve... o Vídeo.
Gala 7º Concurso de Karaoke Vice Versa Bar
sexta-feira, 14 de março de 2008

Talvez... "Irrita-las"

video

?

- A que te sabe o Amor?

Então?!

Muito poucas vezes no ano sei o que é um fim-de-semana ou feriado. Contudo, não sou daqueles que se podem queixar muito... Divirto-me, principalmente, a divertir os outros, e isso é gratificante.
O que proponho, já que é sexta-feira, é que contribuam com ideias e sugestões para que quem por aqui passa (a grande parte não comenta mas lê!) possa encontrar novas formas de investir o tempo disponível neste ou noutro fim-de-semana.
Aproveito a oportunidade, claro está, para desejar a todos os comentadores e leitores um fim-de-semana Fantástico.
*Ahhh, sugerir ficar em casa a ver a TVI não é válido como sugestão.

Talvez... "Concentrar"

video

"Sexualidades"... no Porto Canal

Pensar, analisar, aprender, desmistificar, ensinar, compreender, perspectivar, acontecer, ser... É por aqui que, todas as 6ªs feiras, o "Sexualidades, Afectos e Máscaras" circula em jeito de tertúlia. É no Porto Canal (TV Cabo) que, a partir das 00H30, a Jornalista Maria José Guedes provoca respostas ao Sexólogo Manuel Damas, entre intervenções do vasto auditório.
Quem ainda não viu, certamente não sabe o que está a perder...

* Repete ao domingo à mesma hora.

Solidão

É assim que te vê o espelho
já nem contornas as rugas
és vazio sem pouso nem beira
vives de cor e de fugas
É assim que te vê a vida
já nem controlas o teu jeito
és marca de água apagada
e não recordas nenhum feito.
É assim que te vê a gente
já nem sabes o que é a luz
és um risco contínuo de fel
e nem o espelho te seduz.

Que chique!

Uma Norte-Americana foi multada em 1000 dólares por ter pintado a sua cadela Poodle de cor-de-rosa. A dona da Cici disse que a pintou para chamar à atenção para o cancro da mama.
O caso está em tribunal e promete continuar a ser notícia, não sei se por vontade da imprensa se por vontade da Poodle que, no meu entender, devia processar a dona.A moda promete pegar, seja ela de que cor for...
(este Poodle é conhecido por arco-íris, os donos ainda não foram multados)
quinta-feira, 13 de março de 2008

?

- O que te revela esta imagem?
quarta-feira, 12 de março de 2008

Talvez... Pensar

video
terça-feira, 11 de março de 2008

Filomena Gomes alive in Vice Versa Bar

Bem, enquanto não tenho a gravação do Porto Canal, e devido ao elevado número de solicitações por esta e outras vias, adiciono o link para o vídeo gravado por acompanhantes da Vencedora do 7º Concurso de Karaoke Vice Versa Bar. Como ainda não sei "Postar" vídeos do You Tube, basta clicarem no endereço que aqui vos apresento:
Chama-se Filomena Gomes e interpretou de forma brilhante o conhecido "It's oh so quiet".
Além de 2 viagens ao Brasil com estadia paga, €250 em roupa à escolha, uma colecção de dvd's de Karaoke, um sistema de som home cinema, equipamento completo de Karaoke (leitor, misturador, microfones sem fio, etc.) ainda ganhou o direito de actuar ao vivo (com bailarinos profissionais) na abertura da Gala do 22º Aniversário da Rádio Festival, a 6 de Abril, para cerca de 10 mil pessoas.
Ahhh, sugiro que vejam e ouçam... até ao fim, mesmo que o vídeo demore a "abrir" completamente. Vale a pena!

Até que a voz me doa

Há quem lhe atribua poderes quase mágicos e quem dele tenha um enorme receio... Efectivamente, o microfone funciona como um meio eficaz para ultrapassar o ruído e fazer chegar as mais diversas mensagens, mesmo quando não solicitadas... Dependendo do meio em que é utilizado, o microfone tem um alcance inesgotável, e quando está longe do raio de visão, chega a assumir um papel ainda mais intenso, mais eficaz, mais "apetecível".
Não é por acaso que tantos sonham em fazer rádio e muitos mais imaginam ou imaginaram o que está ou quem está por trás "daquela voz"... É que o teatro dos sonhos também vive do mistério, o som da mesma palavra consegue ter resultados completamente diferentes...
Há que sublinhar no entanto que; nem o melhor microfone consegue operar milagres absolutos, é que por trás de qualquer "efeito sonoro" há algo que, por muito que seja trabalhado, jamais será conquistado à custa de esforço ou dinheiro. Há quem lhe chame voz ou dom, eu prefiro chamar-lhe essência...

Talvez... Rir

video
segunda-feira, 10 de março de 2008

Hipocrisia

Maldita sejas erva daninha
que secas tudo em segredo.
É de ódio essa tua alegria,
vestes cada alvo com o medo.
Maldita sejas luz do mal
que seca brindas à falsidade.
Com raiva ergues o silêncio,
vendes as costas à verdade.

?

- A quem oferecerias neste instante uma flor?
domingo, 9 de março de 2008

Palco das Decisões

Daqui a cerca de uma hora começa o ensaio para mais uma noite brilhante no Vice Versa Bar. São 17 os concorrentes que vão tentar chegar ao topo do melhor Concurso de Karaoke do País. Quem será o vencedor? Ninguém sabe.
Tudo começa com a chegada dos concorrentes seguida do ensaio de voz e maquilhagem, sem esquecer as recomendações, sugestões e os... incentivos. Depois do trabalho vem o convívio. 5 viaturas conduzem os concorrentes ao Restaurante Mineirão para que as Caipirinhas e as carnes lhes dêem energia extra para um espectáculo que acontece uma vez por ano. E nestes "entretantos" fotografam-se instantes e filmam-se opiniões.
A noite será longa e repleta de emoções, apertos, estados de espírito e, principalmente, grandes vozes.
Os prémios são muitos, o júri é entendido, a equipa está empenhada e o público será atento e participativo.
Os nervos e a adrenalina começam a fazer efeito para um resultado que se espera e deseja... Único e Feliz, como sempre.
Boa Sorte para TODOS. Parabéns ao Melhor!
sábado, 8 de março de 2008

?

- Quando é que te sentiste mais inocente?

Talvez... Rir

video
sexta-feira, 7 de março de 2008

"Violência Sexual"... no Porto Canal

Já falta pouco para mais um momento único em televisão sob o título de "Sexualidades, Afectos e Máscaras"... Pelas 00H30 no Porto Canal (TV Cabo).
A Jornalista Maria José Guedes e o Sexólogo Manuel Damas garantem uma hora de ilações sobre um tema que, directa ou indirectamente, mexem connosco.
A repetição é Domingo, depois das 24H00... a não perder.

Fio da Navalha

O peso suga-te os poros ao relento
foges das perguntas a sete pés
já não tens sede nem és vingança
pintas-te de retalho sem nome.
Para quando o prometido equilíbrio
o verter de uma lágrima com luz
o baptismo dessa tua rua vazia
nesse labirinto sem amor nem sorte?
És prisioneiro com retrato no passado
não encontras a agulha do norte
já nem te dás ao sopro da cura
mas provocas a loucura com... morte.

?

- O que mudarias em primeiro lugar no teu mundo?

Felicidade

Que linda é essa alegria
que ancoraste no teu olhar...
É de hoje ou de sempre?
Fica-te bem em tom original...

Que lindo é esse sorriso
que distribuis para além de ti...
É de agora ou de amanhã?
Fica-te bem ao não ser banal...

Pois...

Haverá melhor sensação do que sentir que estamos a dar vida a algo ou a alguém? Nem que seja com um simples gesto, uma palavra, um ombro, o tal sorriso... Nem tudo se resume a "material" ou a cedências ou desistências em prol de... Há tanto que custa tão pouco e que pode fazer um "enorme imenso"...

Acho que nos preocupamos em demasia com o "parecer" e menos do que devíamos com o "acontecer"... É tão fácil dar "vida" a alguém, é tão fácil fazer sorrir outra pessoa, é tão fácil erguer um outro ser... Mas, infelizmente, o nosso comodismo prega-nos destas partidas e deixa-nos quietos a observar. É uma pena não passarmos mais vezes do "ter vontade" ao "fazer"...

É tão simples "regar" uma semente que precisa de "água" para florescer...

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive