domingo, 30 de março de 2008

Talvez... "Aprender"

video

19 comentários:

Patrícia disse...

já tinha recebido este vídeo por mail e sinceramente não percebi muito bem pois não sei o que dizer. ou oito ou oitenta...

vi o seu bar na tv ontem lol...é tão giro ter tvcabo

Olá!! disse...

Caso resolvido...
:)))

Tom disse...

Um pouco exagerado, o certo é que resolveu. Mas neste casa nem sei quem terá cometido o erro mais grave.

gaivota disse...

pois também não sei como foi o desfecho que se apresentou suave...
beijinhos

Bichinho disse...

Sem palavras...beijo fantasma.

Gata Verde disse...

Quando vi este video fiquei a pensar que talvez seja encenado, porque já estavam a filmar o jovem do telemovel.
Se não foi,acho a atitude do prof um pouco violenta. Bastava retirar o telefone das mãos do "menino".

Beijinhos e boa semana

joana disse...

Há atitudes mais e menos exageradas,esta parece um pouco para o mais.
Boa semana beijinho grande Francisco.

Ju disse...

Eu acho que foi exagerado ele mandar o telefone para o chão, assim com essa brutalidade.
Atirá-lo à cabeça do menino, para ele nunca mais se esquecer de desligar o telefone quando entra numa sala de aula, teria sido muito mais proveitoso.
B.Ju

Patrícia disse...

também não podemos ser extremistas. a realidade é só uma, quantas pessoas desligam o telemóvel numa aula? eu nunca o fiz, fica em silêncio mas está lá, e muitas vezes num sítio onde o possa ver. até porque em 14 anos de vida escolar, 12º e 2 de faculdade, já ouvi mais vezes tocar o telemóvel dos professores do que os dos alunos, agora quando nos referimos a questões como o da escola secundária carolina michaelis a questão nem se coloca no telemóvel mas na tremenda falta de educação da aluna, aquilo aconteceria com o telemóvel ou com qualquer outro objecto significativo da mesma.

mjf disse...

Olá!
Está feito..está feito...mai nada!!!

Beijocas
Boa semana

Mary disse...

Não me acredito que nesta turma alguem volte a atender o telemóvel!! Por vezes medidas extremas resolvem problemas futuros. Toda a gente sabe que é proibido atender telemóveis na sala de aula...e como uns não são mais que outros, concordo com a atitude do Professor!!
Que me desculpem os mais sensíveis mas...a educação é muito bonita!
beijitos FM

Ju disse...

Eu continuo na minha, sou teimosa!
A aluna merecia que a cara dela, fosse o exemplo da má educação neste país. E os pais ao lado.
Nem sempre temos culpa do que os nossos filhos fazem fora de casa, mas quem tem uma boa educação não pode ter um comportamento como o dessa adolescente.
Os professores não são educadores.
Esse papel é nosso.
Quanto à professora, demonstra não ter aptidão para dar aulas a uma turma de adolescentes. Falta-lhe autoridade, e confiança.
Porque não existem só maus alunos, existem também maus professores.
B.Ju

B.Ju

Manuel Damas disse...

Este blog já era actualizado, já, já...

Meireles disse...

Isoladamente esta atitude do professor, em minha opinião, é muito violenta, independentemente de existirem para trás outros episódios que envolvam atender telemóveis na sala de aula por parte daquele aluno.

Como diz a Ju, há maus alunos mas também há maus professores e muitos.


Sempre os alunos e professores, levam para as aulas telemóveis não os desligam. GARANTIDAMENTE....

Quanto ao caso Carolina Michaelis,

Não acredito que o caso entre aquela aluna e professora fosse unico.
Certamente que houve outras vezes em que a referida professora viu a mesma aluna com o telemóvel...não lho retirou? porquê????

Naquele dia devia estar ( mais )indisposta e a aluna, quiçá, estaria a trocar mensagens com um novo namorado, o que concerteza já havia acontecido muitas outras vezes( refiro-me às mensagens)....

Deixemo-nos de exageros, porque agora que o caso está a ser badalado, toda a gente comenta.

Lembremo-nos de todos os casos que envolvem alunos e professores, bem mais graves que este e todos nós conhecemos, só que não houve, de parte a parte, coragem de os denunciar, nem um desgraçado de um aluno que gravou o caso com outro telemóvel existente na mesma sala de aula.

Por isto e muito mais acho que o caso do Carolina, para mim, não é exemplo para nada.

Não concordo com a atitude da aluna mas tão menos com a da professora.


Abraço.

( dedsculpem-me as alunas e professoras leitoras deste blog, mas é a minha opinião)

Mize disse...

Violência gera violência, mas também é certo que os correctivos na hora certa só fazem bem.
Depois, as situações retiradas do contexto podem levar a diversas leituras, daí, cautela com os juízos!
A frio, este professor, a meu ver, agiu a quente e de forma inadequada. Não sei o que aconteceu antes. Assim como o que se passou com a aluna. E também aqui, a frio, considero que a «menina» agiu com má criação e de forma absurda.
Também já fui aluna e apesar de nunca ter faltado ao respeito às dezenas de professores que tive, em todas as fazes académicas, fui chamada à «pedra». Tempos diferentes, mentalidades complicadas, contextos desconhecidos.
A educação está a desaparecer, esse é o problema.
Até u8m burro pode ser doutor, desde que lhe ponham a cartola na cabeça. Saber estar, aí trata-se de saber, como costumo dizer, «tomar chá de clher e não de garfo».

paulofski disse...

Sem espinhas... respeitinho é bonito. O telefone tem opção de silêncio para alguma coisa. Se é urgente pede autorização e fala no corredor. Assim não volta a interromper a aula. Ponto final.

Waldorf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Waldorf disse...

FM stero, vim cá dizer te vi no Sábado.
Estavas na TV, Viceversado em karaoke e acabei por descobrir que já te tinha visto 'enTarolado' numas certas manhãs em que pairei no Porto Canal!!!!

Não te esqueças,
TOU DE OLHO EM TI!!!!

Oliva verde disse...

Pois!
É claro que é um exagero mas a verdade é que quando os limites se ultrapassam as consequências são imprevisíveis!
Felizmente estamos em Portugal e a ESMAGADORA maioria dos professores e dos alunos são PESSOAS NORMAIS!

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive