terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Coitadinhos

Sempre me considerei um cumpridor. Muito provavelmente, fui daqueles (poucos!) que se assustou a valer com o outrora famoso: " - Vou chamar o Sr. Polícia, para lhe dizer que te portaste mal! E ele leva-te preso.", ou seja, aquela frase dita em voz alta pela minha e tantas mães, de cada vez que um filho tentava sair da "linha".
Aceito e entendo perfeitamente que a sociedade, para poder coexistir em equilíbrio, tem que aceitar a existência de regras, mesmo quando elas não estão completamente de acordo com a linha de pensamento dos cumpridores, sejam eles mais altos ou menos morenos.
E é nesta base que, hoje, quando olho à minha volta, fico escandalizado com a tamanha falta de respeito que há pelas regras, pelas idades, pelos deveres, pelas obrigações, pela vida, principalmente dos outros.
Onde foi parar o respeito?
E não, não é necessário pegar nos jornais para encontrar exemplos de agressões sociais de todo o tipo. Basta olhar para os discursos de inúmeros "putos" que, entre uma ameaça e um comportamento aceite como radical, ou da idade, vão, principalmente em grupo, fazendo-se passar por adultos, donos do saber e do poder que a falta de educação lhes deu. E nós, espantados e indignados, calamo-nos, como se aquele exemplo fosse ímpar, excepcional, uma influência acidental de um qualquer problema familiar vindo conjuntamente com o berço. Mas não, não há exemplos ímpares, há é cada vez mais magotes de pares, há cada vez mais insurrectos, há cada vez mais vândalos, há cada vez mais criminosos, há cada vez mais "putos", e daqueles a quem as tais regras deveriam dar uns valentes estalos, em vez de se preocuparem em fazer cumprir as lacunas da lei, a mesma que os trata por coitadinhos, esquecendo-se dos verdadeiros, ou seja, os coitadinhos de nós.

Francisco Moreira

14 comentários:

Não Sou... disse...

Amigo FM,eu graças a Deus não passei pelo tempo anterior ao 25 de Abril e por isso não sei o que é viver em ditadura. Mas parece-me a mim que as pessoas não têm noção real do que é liberdade e passaram do "8 ao 89". Ou seja, sem liberdade para excesso de liberdade e falta de respeita. Mas parece,também, que muito desse excesso vem das pessoas que não tinham liberdade nenhuma e deixaram de educar os seus filhos de forma a respeitarem regras.
Abraço

FM disse...

Pois, também pode ser uma razão. Mas, convenhamos, o que é demais...
Boa Neve, aí em Praga, e cuidado com as "Praguianas". Ouvi dizer que são "qeuntinhs". (risos)
Ouvi dizer, claro!
Abraço, Bom Trabalho e Bom Regresso. (sem ser no cockpit do avião, porque não aguento esta minha inveja)

Barbie Boy disse...

Coitado de quem ainda quer viver completamente integrado nas regras da sociedade. De acordo!

FM disse...

Coitados de nós! (sorrisos)
Abraço.

julia disse...

E tu continua a portar-te bem, senão, já sabes, faço queixa ao Sr. Polícia! (risos).
Beijos e saudades ;)

julia disse...

E tu continua a portar-te bem, senão, já sabes, faço queixa ao Sr. Polícia! (risos).
Beijos e saudades ;)

FM disse...

Claro, claro! (risos)
Beijos, Júlia!

FM disse...

E, Júlia, como é que vamos de "leituras"? Já desististe? (risos)
Beijos.

julia disse...

Prognósticos...... só no fim da leitura (risos)
Mas já vou adiantada ;) desistir, só na última página!

FM disse...

(risos)
Beijos.

Sandra Daniela disse...

Olá! Trabalho numa escola secundária, e sei bem o que são os "putos" e lembro-me de quando me ameaçavam que chamavam o sr. Policia!

Agora... se se diz que se chama o sr. policia, mas de forma séria, os putos respondem com toda a força : "Eles que venham!"...

FM disse...

Pois, e é isso que me preocupa!
Obrigado Sandra Daniela.
Beijos com Essências.

paulofski disse...

Esses "putos" se te ouvissem diriam que é tudo conversa de cota. Tens toda a razão, a boa educação e o respeito há muito faltam infelizmente.

FM disse...

Pois, Paulofski, eu sei.
Mas, se calhar, é quando somos cotas que aprendemos... No caso deles, claro.
Abraço.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive