quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Escapadinha

Ontem, perto das 19H03, aproveitando uma pausa, dei um salto ao Céu, só para ver como andam as coisas por lá.
É, já não ia lá há algum tempo e, para que não cortemos ou nos cortem o "laço umbilical" - dizem, por falta de comparência, de quando em vez, convém fazer uma visita, nem que seja para ver se há vizinhos novos, se as autoestradas estão em boas condições e, principalmente, aproveitar para ir ao "Salão das Novidades". Sim, sempre que passo por lá, fico espantado com as novidades, e não me refiro às tecnológicas, mas sim às "humanigódicas". (inventadinho agora, o termo)
Ele há cada uma! É que, mesmo nesta espécie de "escapadinha" em "low-cost", saio de lá sempre surpreendido. Mesmo! É incrível a quantidade de novidades que se produzem e que lá estão expostas para "todos" verem.
Ontem?! O que mais me ficou na retina?
Bem, são tantas, tantas as novidades, que nem sei por onde começar. É mesmo difícil de enumerá-las, mais: é complicado assimilá-las a todas.
Ah! Convém sublinhar que no Céu, mais concretamente no tal "Salão das Novidades", é tudo mais simples, menos espectacular do que cá na terra, mas "grandioso", dependendo das perspectivas dos observadores. As novidades são apresentadas em fotografia, a cores mas simplistas, pelo menos na parte da frente, da imagem em si. É que, por trás, na parte das legendas explicativas, aquilo mais parece um compêndio de descrições aberrantes, todas encharcadas de erros, e não me refiro aos ortográficos.
As novidades?! As de ontem?! Pois, perdoem, perco-me facilmente nestas tentativas de descrever o que é indescritível.
Bem, na verdade, não são bem novidades. São mais fotografias que os Anjos vão tirando cá em baixo, na terra, e revelando e expondo lá em cima.
Em resumo, para que se perceba melhor, são-nos apresentados, com ângulos incluídos, todos aqueles dilemas e inversão de valores que vamos inventando por cá, e sempre em alta rotação, a todo o instante, por "isto" ou "aquilo", e sempre assente na desculpa, a nossa irremediável desculpa.
É, também já soube em primeira mão que, lá em cima, estão a pensar em mudar o nome do "estabelecimento" para algo do género "Exposição das Vergonhas". Dizem que tem "mais a ver" com os conteúdos revelados...
Bem, nesta última "escapadinha" - ainda ontem, convém relembrar, reparei que os visitantes, muitos deles (agora) locais, fartam-se de rir de nós, aqueles personagens que ainda não perceberam o quanto ainda vão chorar pelas "figurinhas" em que se transformam a troco de quase nada.
Ah! Só mais uma coisa. Aparentemente, os cá debaixo, têm umas contas para pagar lá cima, aquela espécie de banco onde o "crédito" tem o mesmo "spread" para todos.
Francisco Moreira

3 comentários:

Jota disse...

Nem mais!
Mas agora que existe confessionário online, tudo será muito mais fácil e do estilo:
“Epá..., dor...enfarte agudo do miocárdio!
Ligo o 7 para o céu, o 999 para o inferno ou ligo para o confessionário online?”
Abraço

FM disse...

O do inferno, Jota, segundo as páginas vermelhas - que não do Glorioso (risos), é o 666. (risos)
Abraço.

Misath disse...

;) sem duvida que este estado de "escapadinha" dá imenso jeito, até pk qd as coisas aqui pelos nossos lados começam a aquecer é uma "escapadinha" dessas que é aconcelhável... :D essa das fotos na sala das "novidades" escapou-me da minha ultima visita eheheheh, tenho que estar mais atenta...
Gostei imenso da tua "visão"
Beijos de LUZ
Misath

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive