sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Doutoramento em SMS

Ontem, em conversa com um casal amigo, a dada altura, fazia referência ao facto de, um dia destes, aproveitando as "novas oportunidades", querer (talvez) ir para a faculdade... Embora, há que dizê-lo, na(s) vida(s) profissional(ais) que tenho, me sinta dono de um doutoramento, já que tenho 22 anos "disto", vividos sempre com a vontade de aprender mais e, claro, fazer sempre mais e melhor, mesmo não o conseguindo, embora raramente. Sinto que esse completar do secundário e passar para o lado da faculdade poderá ser interessante, não só pelo regressar à escola, décadas depois, mas principalmente para testar o que fui aprendendo por mim (e comigo!) ao longo deste caminho de lições, de faltas, de testes positivos e negativos, de avaliações, feitas por mim e pelos outros...
Se avançar, e estou para fazê-lo há 1 ano, quero "justificar-me" se mereço ou não ter o "canudo", se terei ou não paciência para estudar, estar atento nas aulas e por aí fora... No fundo, se não desistir antes de começar, quero perceber se a "catrefada" de gente que sai das faculdades está "aux point" de ter o estatuto que (ainda) tantos julgam (poder) ser "descriminatório", principalmente em termos de "know how"...
Por outro lado, e assim ao jeito de "alfinetada brincalhona", gostaria de testar "in loco" se estou certo quanto digo que muitos dos "encanudados" deveriam voltar para a escola primária, nem que fosse (só!) para aprenderem a escrever um SMS. (sorrisos)

Francisco Moreira

* Atenção que, com este texto, não quero de maneira nenhuma ofender os "encanudados" (risos), pelo contrário, respeito-os, embora, sublinho, muitos deles devem sentir-se "ofendidos" com muitos dos seus pares.

8 comentários:

carla susana rafael disse...

Ora aí está mais uma grande verdade. Subscrevo a 100%
Alguns dos "encanudados", não passam de...ignorantes "encanudados" !!!

FM disse...

(risos)
Beijos, Susana!

paulofski disse...

Olha que já dei por mim tentado a pensar um dia aproveitar também esta nova oportunidade, mas depois de ver o que a minha universitáriazinha tem andado a marrar nos livros, hummmm... Mas força, estou contigo :)

Abraço

FM disse...

Devias era ir comigo...! (risos)
Abraço, Paulofski.

FGF disse...

Bem.... depois de ler este texto, tornou-se mais clara a minha já formada ideia do "canudo"...
Pela minha Curta experiência de vida, não considero um canudo, um elemento diferenciador no que concerne a "know how".
Conheço tantos e tantos "encanudados" que não são mais do que criações em série... sem espírito, sentido pratico e capacidade de acção.
Eu como não "encanudado" em nada me sinto inferior, muito pelo contrário, reconheço em muito pouca gente a agilidade de raciocínio e a capacidade de aplicar no dia a dia, o que de alguma forma aprenderam...
Por outro lado, reconheço a vontade de o fazer, não sei se por socialmente ser "bonito" dizer, sou licenciado, douturado ou "whatever" como alguem que conheço costuma dizer.
Prefiro nesta fase, pensar que essa vontade faz parte de uma necessidade de me enquadrar no quadro "bonito" da sociedade...
Mas, para não divagar... Talvez pela minha experiência pessoal, dou mais valor, as minhas aprendizagens diarias, a cultura que sorvo diariamente e a cada momento.
E sem falsas modestas, ainda hoje tenho dificuldade em encontrar quem me consiga estimular intelectualmente... ;)

FM disse...

(risos)
Junte-se ao grupo!
Gostei, e muito, deste seu comentário... Concordo com ele.
Apareça mais vezes!
Como não sei quem é, ou imagino não saber, endereço-lhe Beijos e Abraços, na certeza de que "usará" o que mais lhe convier.

Cila disse...

Força para esse novo projecto amigo!
Eu e o maridão também voltamos este ano aos bancos da faculdade pra ir "um pouco mais além"! É um pequeno, grande sacrifício mas acreditamos que colheremos frutos no final...
Boa sorte!!!

Beijo grande

FM disse...

Obrigado, Querida!
Fico feliz por vós... E serão BONS os frutos que irão recolher, certamente.
Beijos de Luz.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive