domingo, 5 de julho de 2009

Eficazmente... Saudade

Provavelmente, nunca o passado esteve tão na moda, nunca se recorreu tanto à promoção do "ontem" como forma de angariar uns tostões a mais para o futuro, próximo, claro. É, quando se esgotam as ideias que transformam o zero em novidade, há que recorrer ao comprovado sucesso do passado para tentar "espremê-lo" um pouco mais, a ver se ainda se conseguem extrair algumas gotas em nome da saudade.
Se repararmos bem, não há quem não tenha saudade disto ou daquilo, seja qual for a idade. Há sempre uma "corda" de uma moda passada que move multidões, não com a mesma força, mas como se se tratasse de um clubismo geracional. E não faltam exemplos; da música à roupa, passando pelos artigos do ontem-a-ontem com quem coabitamos um determinado tempo a fio. É a saudade, a maldita saudade, que, mesmo no outrora futuro, nos faz regressar ao tempo em que dizíamos "Eu tive", "Eu fui", "Eu conheci" e "Eu fiz". Por isso, de cada vez que alguém ou algo nos faça reviver momentos passados, se calhar, estão a aproveitar-se da saudade que fica, e para sempre.

2 comentários:

Eudemim disse...

A saudade não tem de ser triste. Daí a importância de vivermos em pleno o presente para depois termos saudades “boas”.

Bjs daqui

Natacha disse...

Ter saudades de alguém, de algo, de um tempo que já lá vai, seja do que for, não é necessáriamente achar que o "antes" é melhor do que o "agora".
Ter saudades, significa que foram importantes na nossa vida, essas pessoas, esses momentos, esses objectos... porque "As coisas vulgares que há na vida, não deixam saudade, só as lembranças que doiem ou fazem sorrir", como diria, e muito bem, Mariza.

Beijos

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive