sábado, 4 de julho de 2009

Assim-Assim

São tantas as vezes em que se sente que os carris da Vida são demasiado rectilíneos, demasiado frios, demasiado tristes... Mas, na verdade, temos a mania de reparar em demasia no menos positivo em detrimento do mais positivo. Quando algo de bom nos acontece, por acaso, mantemos essa chama de alegria acesa dias e dias? Não, mas se for o gelo da tristeza, convenhamos, quase a perpetuamos, alegando que nada corre bem, até o estado do tempo fica com culpas no cartório. Sim, somos assim, uns desnaturados e ingratos que "preferem" propalar a desgraça em vez de fazer dourar a pílula da alegria.
Se formos honestos na contabilidade da Vida, repararemos que, afinal, a grande maioria dos nossos momentos são "assim-assim", e os outros dias, assumamos, são compostos por bons e menos bons instantes, provavelmente na tentativa de nos ensinarem a valorizar um pouco mais aquilo - que é tanto, que a Vida nos proporciona.
Pois, eu sei que todos vamos concordar com o que está aqui escrito mas... daqui a 5 segundos isso passa.

3 comentários:

Natacha disse...

Sabes, apesar de, SIM, concordar muito com o que escreveste, eu também acho que consigo fazer durar os meus momentos alegres...
O que acontece é que quando se contam esses momentos como já parte da história, ou seja, passado, é natural que os mais tristes adquiram uma maior dimensão...

Será que me fiz entender!? Talvez sim, talvez não..

Diria que o meu balanço e bastante positivo, ainda assim...

Beijos alegres

macaw disse...

ehhehe
como tens tanta razão no que dizes!!!
nós sempre teremos bons e maus momentos nesta vida, sempre foi, é e será assim.
é importante não deixar que a tristeza se instale durante muito tempo em nós e agarrarmo-nos aos bons momentos! é muito fácil ceder à negatividade, mas com um pouco de disciplina é possível contorná-la para não cair numa séria depressão.
neste momento, quando pensamentos negativos e a tristeza me assaltam de surpresa, tento lembrar-me sempre que prolongar esse estado é a adiar a felicidade. é importante acreditar que o futuro nos reserva alegrias para nos motivar a combater a tristeza actual...

Obrigada pela força que me tens transmitido, pois tem-me ajudado imenso!

bjinhos ;)

Eudemim disse...

Pegando na “contabilidade da Vida”, um bom exercício principalmente para os que se sentem sempre uns “desgraçadinhos” é num determinado dia, de preferência daqueles bem cinzentos, fazerem uma lista das coisas boas e outra das coisas más que têm em “stock” e depois calcularem o saldo.

Terão concerteza uma agradável surpresa.

Bjs daqui com um saldo muito positivo !!

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive