quarta-feira, 22 de julho de 2009

Impureza

Fecha os olhos a este outro mundo
e imagina que a pureza existe
que há uma maneira de lá voltar
mesmo quando o mal persiste.
Não, não te deixes adormecer
nem te atrevas a gritar em vão
acredita no teu próprio querer
também há o sonho na desilusão.
Evapora as feridas que puderes
e acrescenta força ao teu passo
resiste ao triste compêndio do ódio
e faz do amor o teu mais forte laço.
Não, não te deixes desancorar
há muito mais luz num outro cais
porque é sempre a vida que te ergue
mesmo quando sentes que dela sais.
Francisco Moreira

13 comentários:

liamaral disse...

Que bonito!! Muito bem! Gostei muito, mesmo! Parabéns!
:) Beijinho

Conversa Inútil de Roderick disse...

essa foto é fortissima!

Ricardo disse...

Estou a ver que andas a fumar umas coisas estranhas... ou então esgotaste as minis do frigorífico!!!

lau disse...

lindooooo!

filipa disse...

Uma celebração à vida, à tua maneira!
Lindíssimo o poema.
É sempre a vida que nos levanta, mesmo quando achamos que é por culpa "dela" que estamos a cair.


Beijo

paulofski disse...

Gostei imenso FM.
Abraço a ti e ao pequeno Ângelo.

FM disse...

Obrigado Liamaral.
Foram 10 minutos de inspiração, acontece. (risos)
Beijos.

FM disse...

Por isso a seleccionei, Roderick.
Abraço.

FM disse...

Só se foram as Minis de Trinaranjus Laranja. (risos)
Abraço... E Boa Sorte!

FM disse...

Obrigado Lau.
Beijos.

FM disse...

Obrigado Filipa!
Tentei, tentei comunicar algo...
Beijos.
* Abraço ao Ric.

FM disse...

Ainda bem que gostaste Paulofski.
Obrigado.

Natacha disse...

Muito..........
........ EU!

Beijo, sentido

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive