quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Ladrões de Meia-Tigela

Dois maços de tabaco, dois carregadores de isqueiro (do telemóvel e GPS), um multi-ferramentas portátil, um cinzeiro carregado de moedas, talões e combustível de um ano, halls, chiclets, canetas e um vidro lateral estilhaçado no banco do "pendura", além de inúmeros telefonemas, um carro alugado para 4 dias, um amuo e um dia de trabalho perdido.
Em resumo, é este o balanço de um assalto numa das ruas mais movimentadas de Matosinhos a um carro chegado ontem da revisão.
O auto-rádio ficou, os documentos da viatura também... E, apesar de não parecer mal de todo quanto a balanço, esta história deixa-me profundamente irritado, principalmente porque o apuro do roubado não chega a 5% do valor total do prejuízo a suportar entre mim e a seguradora.
Para quê sujar as mãos e a consciência (se é que a há?!) a troco de míseros tostões? Para quê prejudicar o outro quase em vão?
Na semana passada foi o carro da minha cara-metade, sem vidro partido mas com prejuízo idêntico, já que levaram parte do auto-rádio e os documentos da viatura...
Para quê? Não paro de me questionar,... É que não parece ter a mínima lógica.
E por falar em lógica, quando procuro título para este Post, não me ocorre outro que não... Ladrões de Meia-Tigela.

14 comentários:

Maurício disse...

Realmente, assistimos a actos de puro vandalismo, que parecem não ter nexo porque não dão qualquer lucro aos bandidos.
Aconteceu-me o mesmo muito recentemente. Partiram um vidro e não levaram nada. É assaltar só porque sim...
E o título está muito bem aplicado (risos, ainda que "amarelos", porque isto não tem graça nenhuma)

Abraço solidário

FM disse...

É uma tristeza... Mas, mesmo que com tons amarelos, até dá para rir... É que do mal o menos, e que o tabaco seja proveitoso... Menos 40 pregos no meu caixão.
Abraço Maurício.

JOOX ETZEL disse...

Mudo já a cor dos meus pingos(não tem piada), também já sofri do mesmo, e se na altura pingasse, o título era FDP.(desculpa)

Abraço solidário

FM disse...

(risos)
São os pequenos espinhos do "dia-a-dia" que por vezes parece "dia-a-não". (risos)
Abraço.

Não Sou... disse...

Já me assaltaram 3 vezes o mesmo carro, duas em locais inexplicáveis. Em plena luz do dia em frente a um pingo doce e outra com 2 policias a 800 metros.
Na primeira levaram o rádio, na segunda o GPS e na terceira um saco de ginásio com a roupa suja.
Confesso que não foi pelas coisas que roubaram porque eram baratas, mas irritou-me o trabalho que me deu, ter que andar atrás de um vidro e comprar as coisas novamente.
Abraço e arranja uma garagem que tenha espaço para o teu carro... (risos)

Susana Araújo disse...

Só encontro uma explicação para isto: MALDADE, pura e minuciosa.. infelizmente nos dias que correm,o ser humano encontrou formas estranhas de se "divertir" e para alguns destruir o que os outros têm, o que os outros conseguiram a algum custo comprar, é mt divertido!

Sara disse...

Não posso deixar de me rir com estes "acasos". Bem, vão-se os anéis, ficam os dedos :)

paulofski disse...

No que diz a assaltos tenho tido bastante sorte, até ver. Já no que diz respeito a estragos no carro dos condutores azelhas e riscos por pura maldade, já perdi a conta aos prejuízos. Se o carro fica a pernoitar na rua, e à luz do dia também acontece, devemos ser mais cuidadosos e não deixar nada visível que lhes possa aguçar o apetite.

Ricardo disse...

Vendo barato:

1)Dois maços de tabaco
2)Dois carregadores de isqueiro
3)Um multi-ferramentas portátil
4)Um cinzeiro carregado de moedas talões e combustível de um ano
5)Halls
6)Chiclets
7)Canetas

(brincadeira)

São tempos que correm. Roubar já não é crime!!! As crianças já roubam desde pequenas, depois acabam na Assembleia da República.

liamaral disse...

Acho que quase todo o Comum Mortal tem uma história dessas para contar! Eu também, na terra que te viu crescer. Vidro partido, rádio, Chiclets (caixas) e até presentes de Natal que ainda não tinham sido entregues! Enfim...
Solidária contigo, Amigo!
:)Beijinho

Natacha disse...

É nestas alturas que questionamos a velha máxima que aplicamos sempre que as coisas correm bem para o nosso lado, aquela que diz que "nada acontece por acaso..."

Nunca fui assaltada graças a Deus, e o meu carro dorme todos os dias na rua... agora riscos...

Beijos

RuNuDu disse...

A retribuir o abraço, que deixo aqui em dobro, por solidariedade com o sucedido... Cada vez há mais criminalidade, esses senhores da policia devem andar a dormir!

Juliana disse...

Isto não tens mesmo jeito nenhum,a maldade esta cada vez mais presente no nosso dia-a dia, e o pior é que ninguem consegue parar isto!É chamado "o medo constante". . .


Bijinhooos com carinho

bisturi disse...

Caro amigo em hibernação sabática:
Venho aqui para manifestar a minha sincera solidariedade sentida.
É que eu já senti na pele o que é ser assaltado...sentimo-nos nuzinhos...em pelota!!!
Os sacanas conseguem mesmo deixarem-nos mal!!!
Num caso foi o auto-rádio e uma fechadura ...noutro foi pior: um vidro partido, um casaco, e uma pasta com material de trabalho e , sobretudo , o meu primeiro estetostópio...
Mas caro amigo ...também com um carrão destes ( o da foto)...estás mesmo a pedi-las(heheheheheheh)
Bom fim de semana
Abração...

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive