sexta-feira, 2 de maio de 2008

Juízos

Cá está um excelente exemplo das novas "mulheres", sim mulheres "enlatadas"... Falo daquelas com 12 anos de idade que "pintam" a pele de bebé e trocam os cereais com leite por shots com vodka.
Não menos interessante é o facto de por vezes dar comigo e relembrar aquela idade da parvoíce em que rapava os inexistentes pelos do peito e tossia o fumo dos Kentuchy só para provar aos da mesma idade que já era homem, e que homem...
É por estas e por outras que; quando criticamos as novas gerações, devemos olhar para o sótão das recordações e tentar indagar sobre o que fazíamos na idade deles... Sim, eu sei que os tempos são outros, que as modas são outras e que os "vícios" são mais "perigosos", mas por outro lado chego à conclusão que afinal o juízo vem com as experiências, desde que sejam ajuizadas.

12 comentários:

Pérola disse...

Sim, agora fizeste-me lembrar determinadas coisas que agora me fazem rir, mas que na altura eram importantes.
No entanto, acho que as coisas tendem a agravar pelas gerações fora, nomeadamente em termos de modas, porque cada dia mais as meninas querem ser mulheres mais cedo.
Um beijinho!

Tom disse...

Nunca fui de fazer muitas asneiras, mas arrependo-me de algumas coisas. Mas sem duvida que a consciência e a responsabilidade vem com a idade, apesar de não ser assim tão maduro vejo que ainda tenho que aprender mas odeio quando os mais velhos me apontam o dedo e sabe-se lá o que eles também já fizeram na minha idade.

Multiolhares disse...

Os tempos vão passando, os choques de gerações vão continuando, muitos exageros
Estão a acontecer mas para essas crianças infelizmente é normal
bj

MirMorena disse...

"...mas por outro lado chego à conclusão que afinal o juízo vem com as experiências, desde que sejam ajuizadas."

Ai está o problema - acho eu...
Falta o juizo por inteiro

Bjusss

Su disse...

Sim realmente, os adolescentes tem sempre umas "pancas" meias estranhas, é a tal idade do armário, eu só de pensar que já sou mãe e vou ter que ter muita calma daqui a uns anitos, aiiiii, … mas sabes que mais, acho que a geração de hoje acaba de certo modo por ser o reflexo da educação que teve da geração anterior... há pois, ai é q está a verdade cruel, que muitas pessoas não gostam de admitir!
Enfim… gostei do teu blog!
Parabéns!
BjBj

Manuela disse...

Aprendemos com as nossas cabeçadas :) também cheguei a fumar kentuchy ...

Mas tudo muda, e eu penso que agora começam tudo mais cedo, cedo demais, tenho uma filha de 12 anos felizmente ainda bebe o leite com cereais... faz das suas é claro! se não fizesse é que eu ficava preocupada.

eu consigo voltar atrás e lembrar-me de mim, mas quando toca ás nossas filhas é sempre um bocadito doloroso...

Mas é a vida há que saber acompanha-los e tentar entender sempre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

beijos Francisco

macaw disse...

o amadurecer depende muito de como lidamos com tudo o que nos acontece na vida, os próprios acontecimentos, as pessoas que conhecemos e nos influenciam,etc

às vezes conheço pessoas espectaculares e mais novas que eu e penso, "caramba, quando era da idade dela/e não era assim".
às vezes penso que seria tão bom ser um pouquito mais madura para a idade que tenho.
às vezes gostava de não cometer tantos erros.

but, don't we all?!

bjinhos e bom fds ;)
vou tentar participar na blog-novela, quando o talento que me corre nas veias der asas à minha imaginação!!! heeh

Mary West disse...

Ahh estes jovens, fazem coisas q até deus dúvida, aos dose eu acho q ainda brincava de bonecas e acreditava em principe encantado. Se duvidar ainda faço essa ultima coisa. :D

Black Kittie disse...

Eu tenho uma dessas pitas que querem muito ser mulheres, e tento ouvir e acompanhar, sem reprimir.
Todo o mundo em redor delas lhes pede que cresçam, no caso dela a vida obrigou-a a crescer. Por vezes por detrás dessa aparência "pop" e fútil está uma jovem decidida, segura. Ela sabe bem o que pretende da vida.
Felismente ela tem mais maturidade e responsabilidade que eu própria aos 14, e sinto orgulho nela.

Bjs

Sunshine disse...

".... quando criticamos as novas gerações, devemos olhar para o sótão das recordações e tentar indagar sobre o que fazíamos na idade deles... "

Asneiras , erros, mts coisas impensadas, mas sentidas (*)... muitas é verdade, mas penso que as nossas asneiras tinham uma dimensão que não alcança o que hoje se passa ...

Infelizmente tenho uma sobrinha que se encaixa perfeitamemte nessa descrição, apenas difere no final e tanto quanto sei, apesar do apoio familiar vai deslizando por um caminho sem retorno ...

(*) a minha foi (risos) um menino que agora tem 33 anos e uma filha maravilhosa, minha neta Maria com 8anos. Os meus sorrisos ;))).
(http://asbrincadeirasdamaria.blogspot.com), apenas uma experiência a brincar

Bjinho de boa noite para essa familia maravilhosa

Gata Verde disse...

Tenho uma sobrinha de 13anos que está nessa fase da vida. Insiste em borrar os olhos e pintar as unhas de preto...enfim, a nossa menina está a crescer!
Esperemos que não dê muitas cabeçadas. Pelo menos vamos estar por perto para tentar que não se magoe muito.
Beijinho

Arco-íris disse...

Agora regressei por instantes ao passado...tens toda a razão no k dizes...
beijinhos...

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive