terça-feira, 10 de maio de 2011

Ponto

No meio de tantas lágrimas, tantas delas escondidas por detrás da maquilhagem dos dias, é inspirador ver um ou outro sorriso, sentir uma ou outra alegria, por mais simples, por mais ténue que pareça.

E é nesses "raros" exemplos que se encontra a luz para iluminar tantas das "candeias" que quase já não têm "pavio"... É nesses sorrisos que podemos reaprender a ficar mais felizes com "pouco" na procura de mais...

Não é no aguardar de dissabores nem tão pouco estar sempre à espera do pior que se conquistam sorrisos. Não é no erguer da voz da negatividade nem no levantar do muro das lamentações que se conquistam melhores dias. É no acreditar que se conquista. É no procurar que se encontra. É no querer que se chega "lá", por mais distante que pareça, por mais que insistamos em cenários menos interessantes.

Cá por mim, quem perde demasiado tempo a resguardar-se do pior, geralmente, deixa passar ao lado o melhor. (ponto)


Francisco Moreira

3 comentários:

Maurício disse...

Pois! (sorrisos)

Abraço

Jota disse...

Pois...!

Misath disse...

;) É bem verdade, confesso que por breves instantes estava mesmo a entrar numa dessas "fases" desistir de conquistar e erguer o muro com medo do dissabor que teima em dizer que vai aparecer... mas ainda bem que me recordas-te o que eu sou...um sorriso no meio de tanta lagrima... obrigada!!!
Um enorme beijo de LUZ.

Misath

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive