quarta-feira, 6 de outubro de 2010

República dos Feriados

Equacionei escrever um longo texto sobre estes 100 Anos da República, uma celebração histórica. Mas, hoje, confesso, não me apeteceu ser "mais um" a falar daquilo que uma grande parte dos Portugueses só sabe que se celebra porque os noticiários assim o "dizem". A outra parte, se lhe perguntarem, agradece por não ter ido trabalhar.
Infelizmente e lamentavelmente, para a generalidade das pessoas, este dia 5 de Outubro de 2010, na verdade, não passou de um feriado como qualquer outro, ainda por cima algo cinzento.

Francisco Moreira

6 comentários:

Ricardo disse...

Este país de "patriotas" prefere celebrar 100 anos de uma república do que os 867 anos do Tratado de Zamora, que representa a data de independência de Portugal. O dia em que D. Afonso Henriques consegue que Afonso VII de Leão e Castela concorde em que o Condado Portucalense passasse a Reino. O dia 5 de Outubro de 1143 foi o dia zero de Portugal. Haverá para um país data mais importante que esta?

É este olhar para o próprio umbigo, esta feira de vaidades que nos leva a estar no caminho para o abismo.
Como alguém disse no facebook: "Temos uma barraca com um submarino estacionado à porta"

FM disse...

Pois, também tens razão, Ricardo. Mas, como imaginas, o meu texto, acima de tudo, vira-se para o título: República dos Feriados.
Abraço.

carla susana rafael disse...

Posso-te dizer amigo que a unica coisa que me ficou na cabeça foi...quantos milhares gastaram para o desfile de figuras publicas, discursos e concerteza o bom do repasto etc etc não seria muito mais honesto e patriotico usar esses euros em prol do país e dos portugueses??!! Ainda mais na altura que atravessamos...a mim não me apetece apertar mais o cinto, muito menos a assistir a circos destes.
Vale o que vale!

paulofski disse...

Cem anos são cem anos. À minha maneira dei os parabéns à velha senhora e sem gastar um cêntimo ao défice!

FM disse...

Pois... Susana.
Beijos.

FM disse...

Fizeste bem, Paulofski.
Abraço.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive