quinta-feira, 25 de março de 2010

O fruto que é a Existência

A Vida, por mais que nos esforcemos por comandá-la, jamais nos cede a plenitude das suas rédeas, jamais nos entrega o papel de "realizador", mesmo quando julgamos ser os autores de toda e qualquer acção.
Na verdade, limitamo-nos a viajar numa espécie de carrocel, onde nos é permitido mudar de "meio de transporte" e, quando muito, rirmos ou chorarmos com aquilo que a sua agenda nos reserva. Há quem lhe chame destino. Eu, mesmo ainda sem ter respostas definitivas para validar o meu pensamento, opto por lhe chamar escola. A escola onde nos "entretantos" vamos corrigindo o que as aulas e os professores nos vão arremessando, onde, disciplina a disciplina, vamos fechando ou abrindo brechas.
Acredito que somos pouco mais do que peões de xadrez, daqueles que, independentemente de serem "Rei" ou "Torre", jogam vidas indefinidamente, até conseguirem lapidar satisfatoriamente as qualidades necessárias para se passar à próxima "fase".
Em resumo, quando nos referimos à Vida, limitamo-nos a ver, a comentar e a avaliar o "balanço" do que ela nos vai atirando para a frente dos pés, em jeito de "toma lá isto e vamos lá ver o que vais ou consegues fazer". Uns dias reprova-se, outros passa-se de ano, até à formatura final, aquela que, já do "outro lado", nos explicará definitiva e claramente o que andamos cá a fazer e porque é que há e haverá sempre melhores e piores alunos do que nós.
Francisco Moreira

10 comentários:

paulofski disse...

Acho tenho sido assim-assim, aluno distraído mas bem comportado, e espero não vir a reprovar por faltas!

Angel in the dark disse...

Excelente reflexão sobre a vida!

Hélder Ferrão disse...

Se realmente temos o pleno comando das nossas vida, ou das nossas "rédeas" como dizes no teu texto, é, quanto a mim, uma questão que se prende também com a questão de se ter ou não plena Liberdade; Penso que se todos nós fizessemos tudo aquilo que temos vontade de fazer, se todos nós seguissemos a nossa "sincera vontade" todos os dias, aí sim estariamos em pleno control das nossas vidas e do nosso destino (mesmo sem saber qual), mas, e felizmente que é assim, estamos também "presos" aos "carroceis" daqueles que nos acompanham na nossa "viajem" e, como consequência, na nossa aprendizagem, fazendo com que essa tal liberdade acabe onde tantas outras começam. Desta forma (e não há outra), o nosso caminho é sempre incerto, mas, em última estância, sempre o caminho certo...
Mais uma vez pano pa mangas... (sorriso)
Abraço, Francisco ( e ah! está-te quase a chegar a "ternura" (risos)

pedro disse...

Francisco, mntos PARABENS...
E neste caso tenho que te felicitar a dobrar!

Mntos parabens pelo teu aniversario, desejo-te tudo de bom e que realizes todos os teus sonhos neste carrocel que é a vida.

E parabens tambem pelo teu blogge, está fantastico... ainda não consegui explorar tudo, mas o que ja vi gostei mnto!

1 grande abraço e aprovita o teu dia ao maximo... "carpe diem"

Jorge Cardoso disse...

Olá Caro Amigo Francisco, Boa noite. Um forte abraço com os meus parabéns. Que tenha um dia fantástico com tudo o que merece. Parabéns igualmente pelo gosto 5 estrelas pela apresentação do seu blog. Está super....

Um dia Feliz, Fique bem e até breve...

Abraço

Jorge

FM disse...

Vou tentar meter uma cunha, Paulofski! (risos)
Ainda bem que acabaram as obras.
Abraço.

FM disse...

Obrigado, Angel.
Não sei se será excelente... Mas tentei escrever o que penso, como sempre.
Beijos.

FM disse...

É, um dia destes, Hélder, tenho que te dar o "pano" para as mangas, camisa, claças... É bom saber que agito os teus pensamentos, também agito os meus. (risos)
Abraço.

FM disse...

Olá, Pedro! Que BOM ter-te por cá!
Espero que regresses vezes sem conta, mesmo.
Obrigado e UM ABRAÇO com AMIZADE.

FM disse...

Obrigado Jorge, principalmente pela simpatia das suas palavras, como sempre.
Vocè é Especial e... Chegará Longe, acredite.
Abraço.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive