sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

É.

É. E ponto final, parágrafo.
É com as aulas dos anos que aprendemos a valorizar o tempo, mesmo quando a consciência continua a fazer contas na balança do existir e nos repete vezes sem conta que continuamos a desperdiçá-lo, minuto a minuto, abraço a braço, gesto a gesto, ruga a ruga.
Será que não aprendemos?!
Aprender, aprendemos, principalmente naquelas alturas em que a "prova dos 9" nos vai explicando que estamos errados, que estamos no limite do desperdício, que chegará o dia em que nos arrependeremos, e muito.
O que fazer? Aqui está a resposta que todos conhecemos: viver mais e melhor, viver pela vida, e porque a vida existe para que desfrutemos dela, para que, com ela, aprendamos a valorizar o que realmente vale a pena.
E, ao género de "pescadinha de rabo na boca", regresso ao início, ao tal do: É. Porquê? Porque se nos déssemos ao trabalho do "ponto final, parágrafo", certamente que veríamos o tempo que desperdiçamos nos argumentos que nos levam a adiar o viver, principalmente justificando sempre com outra bengala, uma tal de: " - É a vida!". Pois É.

Francisco Moreira

8 comentários:

Não Sou... disse...

Como costumo dizer: Há tempo para tudo e para todos...
Abraço

FM disse...

E tu, aparentemente, estás a saber aproveitá-lo muito bem. Parabéns!
Boas Viagens, várias viagens.

Natacha disse...

É!
Mas continuo a acreditar que nenhum do tempo que dispendi da forma que escolhi, tenha sido em vão. Mesmo quando o resultado final se provou inglório, houve sempre, mas sempre algum ganho...

beijo grande e ... saudades:)

macaw disse...

Eu concordo com a Natacha (se ela mo permitir! :)))

como alguém me disse uma vez, os erros que cometemos e julgamos ser uma perda de tempo fazem parte da vida, é com eles que crescemos! e desde que nos ergamos novamente e lutemos sempre para sermos melhores hoje e amanhã então o tempo nunca é desperdiçado! este só é desperdiçado quando nos deixamos levar e não fazemos nada pela vida...

também pensei muitas vezes que andava aqui em Inglaterra a perder tempo, mas enganei-me, pois esta experiência está a ajudar-me a crescer imenso... o "curso" está quase a acabar finalmente :)))))))))))))), mas foi fundamental apesar de tudo o que passei...

Mais uma vez agradeço-Vos a ti e à tua Deusa o apoio e carinho que senti da Vossa parte, pois acredita que foi muito importante e das poucas pessoas que senti ao "meu lado"!!!

bjinhos ;)

Natacha disse...

permito, permito macaw (risos)

FM disse...

Olá Natacha!
Que bom é ler-te... Tenho andado "contido" e ocupado... Ms é visitas como a tua ue me incentivam a escrever. Obrigado.
Beijos.

FM disse...

Sito que te estása a reencontrar, Macaw. Fico tão, tão Feliz.
Obrigado pelo Carinho das tuas palavras, as quais serão transmitidas à Deusa.
Beijos com Carinho, e muito.

FM disse...

Lógica que a Macaw permite, Natacha. Ela é uma Querida, tal como tu.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive