segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Quatro Paredes Estanques

Hoje, apetecia-me pegar em meia-dúzia de peças de roupa e partir para uma casa isolada, daquelas com luz mas sem televisão, sem gente à volta nem ruídos citadinos, e dedicar-me exclusivamente a um propósito: arrumar tudo o que tenho para arrumar, decidir tudo o que tenho para decidir, fazer tudo o que tenho que fazer.
Porquê? Porque, por vezes, é necessário parar completamente e impedir que nada, absolutamente nada interfira no que tem que ser feito. E tenho tanto, mas tanto para arrumar, ainda por cima sob o espírito de "ano novo, tralha fora". Mas não vai ser fácil, nunca é fácil, principalmente se não nos conseguimos abstrair do corriqueiro, daquelas outras tantas coisas que fazem parte do "também tem que ser feito".
Oficialmente, a partir de hoje, e durante os próximos 15 dias, estou de férias, supostamente fechado nestas 4 paredes do meu escritório, para alinhar direcções, repor trajectos, eliminar fios soltos e gerar novos caminhos. Mas, como já referi, pelo menos neste primeiro dia, nesta primeira manhã, tal parece uma missão quase impossível, pelo menos no que diz respeito ao cumprir da imensa linha de objectivos a que me propus quando agendei estas férias que, convenhamos, nada terão de férias, muito pelo contrário.
Em mente, para começar, já estou em débito com um turbilhão de tarefas, e logo daquelas que não dão "vontade nenhuma", mas - calma, o difícil é começar, acrescento, mentindo-me.
Sei que jamais conseguirei completar metade do trajecto que idealizei, e que precisaria de 1 ano inteiro para me reorganizar devidamente mas, mesmo assim, muito graças à minha teimosia, espero "entrar de férias" logo à tarde, e com a cabeça alojada naquela imagem que adicionei ao topo de todas estas palavras que - há que assumi-lo, e pelo menos para já, não passam de um tratado de intenções, tamanhos são os "ruídos" que tentam puxar-me para fora destas 4 paredes.
Se vou ter férias? Duvido. Se vou ter paz? Duvido ainda mais? Se vou conseguir? Daqui a 15 dias darei a resposta, mesmo que ela teime em ser uma extensão das respostas imediatamente anteriores.
Francisco Moreira

12 comentários:

Não Sou... disse...

Bom Ano e Boas Férias, amigo...
Abraço

bisturi disse...

caro amigo:
ÉS UM GRAAAAAANNNNNDE FITEIRO !!!
EHEHEHEHEEHHEEH
DE QUALQUER MANEIRA PODE SER QUE TE CONSIGAS CONVENCER DE ALGUMA COISA...
BOA SORTE...IHIHIHIHIHIHIHIHI

Marta disse...

Com vontade - e um pouco de sacrifício e tempo (!) - tenho a certeza que conseguirás arrumar o que é preciso! Eu devia fazer o mesmo, quem sabe depois dos exames não trate também das minhas coisas!

Boa sorte nessa árdua tarefa e...boas férias! :)

Beijo grande!

Mulher aos 30.... disse...

Como eu o percebo...eu também faço dessas listas. Mas cumpro apenas algumas delas. Penso que não devemos ser tão exigentes...se cumprir metade já é bom.

Boas férias!

julia disse...

Boas férias senhor das mil e uma tarefas :)
Daqui por 15 dias quero um balanço positivo (risos)

Sandra T disse...

Bom ano, boas férias, bom trabalho e boas decisões!

FM disse...

Obrigado, Não Sou.
Para ti, Boa Recuperação.
- Arrebita! (risos)
Abraço.

FM disse...

Eu,Bisturi, fiteiro?! (risos)
Por acaso até sou um pouquito, mas já fui mais. Mas, desta feita, nãoé o caso.
Abraço e Bom Ano.

FM disse...

Então, Menina Marta, toca a ter excelentes notas para, depois delas, dar-se ao "prazer" de pôr a casa em ordem, a casa, as ideias, tudo o que for necessário, claro.
Beijos.

FM disse...

Olá, Mulher aos 30! Sê muito bem-vinda e que o teu cantinho floresça vezes sem conta.
É um prazer ter-te por cá, acredita e, já agora, saber que também te estás a dar à escrito, provavelmente pela boa influência de alguém daí de casa. (sorrisos)
Beijos.

FM disse...

Também eu quero, e muito, Júlia. O problema será consegui-lo. Está a custar arrancar... e o tempo voa, se voa.
Beijos com Carinho.

FM disse...

Olha, Sandra T., por acaso, algumas das decisões até têm a ver contigo. (risos)
Obrigado e... BOM ANO para TU, para vós.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive