sábado, 21 de novembro de 2009

O Lado Bom

Incomparavelmente, a vida é uma escola de disciplinas múltiplas, e daquelas que nos ensinam, umas vezes mais tarde, outras mais cedo, a entendermo-nos a nós próprios e, logicamente, os outros.
Este "Essências", na forma de auto-alerta, tem, entre outras coisas, servido para, eu próprio, aprender com muito do que escrevo, na expectativa de que, quem me lê, também vá retirando algumas partículas que ajudem a que, disciplina a disciplina, possamos, em conjunto, ir melhorando as nossas próprias notas na matéria da existência.
Hoje, como quase sempre, sem saber porquê, direcciono a minha (nossa) atenção para o lado bom das pessoas.
Como é sabido, todos temos um lado bom e um lado menos bom. Somos seres que não hesitam em catalogar os outros nem evitam confrontá-los, pura e simplesmente porque não gostamos disto e daquilo, quando, na verdade, nós próprios temos "coisas" que tantos outros detestam. Mas, como é mais fácil reprovar do que aprovar, nós, investidos em professores da vida, damo-nos ao luxo de amiúdas vezes reprovar sem verificar se a matéria é ou não válida. Quantas vezes criticamos os outros por comportamentos que nós próprios já tivemos? Quantas vezes excluímos pessoas sem nos darmos ao trabalho de conhecer as razões que levaram àquilo? Quantas vezes somos injustos e tentamos calar a consciência?
Se todos, sem excepção, tivéssemos a oportunidade de lidar com o lado bom das pessoas, acredito que seríamos os primeiros a valorizá-las pelos aspectos positivos que efectivamente têm. Afinal, o que nos afasta ou nos impele a ser contra alguém, é pura e simplesmente o facto de acharmos que aquela pessoa tem o lado que menos nos interessa. E se, em vez de acharmos, verificássemos, antes de fazer juízos finais?
Simplificando, todos temos pessoas que gostam de nós. Pessoas que nos apreciam porque gostam do nosso lado bom. Por isso, se nos déssemos a hipótese de conhecer apenas o lado bom das pessoas, certamente que não estipularíamos que "A" e "B" são más pessoas. É que, no fundo, tal como cada um de nós, todos têm dois lados. Nós é que só olhamos para o lado que a facilidade nos impõe.

Francisco Moreira

14 comentários:

Barbie Boy disse...

É verdade! Normalmente o grau de exigência sobe quando se trata de avaliar os outros. Se o padrão fosse o mesmo nas auto-avaliações muito provavelmente haveria quem estivesse permanentemente zangado com a sua existência. Portanto deixa-os andar

FM disse...

Eu deixo-os andar, inclusive a mim. Mas sempre a aprender. (risos)
Abraço.

macaw disse...

pois, também concordo!
acho que devemos tentar ser sempre tolerantes e compreensivos em relação aos outros, porque há sempre quem seja mais maduro ou mais verde que nós! mas no fim completamo-nos todos uns aos outros, pois temos sempre algo de bom a aprender sobre nós e sobre os outros através destes!
no fundo, não há melhor nem pior, apenas indivíduos com conhecimentos e características diferentes que se completam!
depois da experiência que tive este ano, desejo apenas guardar o melhor das pessoas e tentar aprender com o "pior"!

as pessoas são lindas e temos de deixar de ser tão duros uns com os outros! (sim, eu sei, isto soou um pouco lamechas e tal, e não, não ando a fumar coisas esquisitas!!)
ehhehe

bjinhos ;)

liamaral disse...

Apesar de concordar com isso, não posso deixar de dizer que há pessoas que mostram muito mais o "lado mau" do que o "bom" por isso, por vezes torna-se dificil...
:) Beijinho

julia disse...

Faz parte da essência humana reparar e repisar o lado mau de alguém e não dar oportunidade sequer que as pessoas possam mostrar que afinal até têm um lado bom.
Mesmo que seja lá bem no fundinho, todos temos um lado bom. (risos)
Beijinhos e bom domingo.

Hélder Ferrão disse...

É sempre mais fácil ver o lado mau, porque esse é o lado que, de uma forma inconsciente procuramos, para que nos possamos defender. Quando se conhece o "pior" de uma pessoa, a partir daí só pode melhorar...
Abraço, Francisco, do meu Lado Bom (Risos)

Nelson Sousa disse...

Concordo plenamente.. Mas continuo a achar que há pessoas sem o lado bom.. Ou então esse ''lado bom'' está muito bem escondido e nunca nos irá dar a chance de o conhecer ..

Um grande abraço

FM disse...

Gostei imens do teu comentário, Macaw.
Espero e desejo que estejas BEM, no teu caminho, um caminho de procuras e, certamente, de muitos encontros.
Beijos, com carinho.

FM disse...

Pois, eu só falei em termos generalizados... A história, seja ela qual for, também tem muitos personagens maus.
Beijos, Liamaral.

FM disse...

E é exactamente sobre essa essência, Júlia, que falei no meu Post.
Há que olhar para essência, com mais atenção, com mais tolerância.
Beijos.

FM disse...

Ainda bem que foi o teu lado bom a responder, Hélder Ferrão. É um lado que aprecio.
Abraço.

FM disse...

Olha, quem por cá anda! Sr. Nélson Sousa, que prazer em vê-lo a "cantar" por estas bandas. Espero que regresse, sempre. É que sempre poderá ouvir outras "cantigas". (risos)
Abraço.

macaw disse...

Meu Amigo um muito muito Obrigada pela força que me deste este ano! eu sinto-me sem dúvida muito melhor, não há comparação! aquela pessoa insegura e depressiva de há uns meses atrás felizemente morreu finalmente para dar lugar a minha pessoa! :) sinto-me muito bem e melhor do que esta sensação de bem-estar e paz por que tanto ansiava é ter consciência que agora para além de ser melhor para mim própria também serei melhor para os que me rodeiam! isto deixa-me muito feliz, porque prefiro ser a que dá força a ser a que necessita de apoio!

Obrigada!
bjinhos ;)

Nelson Sousa disse...

Vim para ficar :p

Um grande abraço

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive