terça-feira, 7 de julho de 2009

Pensamento... À minha maneira.

Nem sempre é pela boca que morre o peixe, mas muitos óbitos intelectuais andam por lá perto.
Francisco Moreira

6 comentários:

Eudemim disse...

Às vezes basta só uma palavra, um deslize e é a morte do artista.

Bjs daqui

FM disse...

Efectivamente.
Beijos Eudemim.

julia disse...

Óbitos intelectuais?
Foi sem dúvida a melhor definição que ouvi até hoje. Não sei porquê mas veio-me logo ao pensamento um Alberto João Jardim (risos)

FM disse...

É uma expressão interessante, essa que inventei, não achas Julia? (sorrisos)
O Jardim é que nao foi boa ideia... digo eu.
Beijos.

Natacha disse...

É, há muita gente a perder boas oportunidades de ficar caladinho...

Beijos

FM disse...

Cada vez mais! Parece que se multiplicam... por devoção. (risos)
Beijos Natacha.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive