segunda-feira, 20 de julho de 2009

Patriotismo Malandro

Não invejo a cultura dos incultos Norte-Americanos, na sua generalidade, claro, mas confesso que invejo a maneira como investem a sua bandeira, como têm orgulho no seu País, embora pejados de diferenças e de atrocidades sociais.
Mas, desta vez, limitemo-nos ao exemplo do que é ser Cidadão, ao ser a própria Bandeira, aquele Orgulhosamente sem os "ismos" de tristes tempos.
Nós, apesar de nos armarmos e, possivelmente, até sermos "os melhores do mundo" em inúmeras coisas, limitamo-nos a torcer pelos futebolistas, alguns dos quais nem o hino sabem, seja por falta de patriotismo, ignorância ou, pior ainda, por simplesmente não serem Portugueses.
Sim, é naquele patriotismo Norte-Americano que se vê uma das maiores grandezas do País, naquele "vamos em frente", naquele "conseguimos", naquele "sonhamos"... Ou seja, perdem muito menos tempo a "tagarelar" sobre o que poderiam ter feito ou a auto-criticarem-se com as desculpas do costume; "Ai, porque e porque...".
Nós, Portugueses, somos mesmo Bons, mas, verdade seja dita, somos também "malandrosamente" insuficientes para, em termos de resultados reais, conseguirmos aquilo que tantas vezes anunciamos conseguir... Mas, quase sempre, sem "levantar uma palha", pelo menos antes de 3 cafés, 4 cigarros, 5 conversas sobre futebol, 6 discussões sobre a novela e 7 desculpas com origem na dor de cabeça.
Será que é por sabermos deste "malandrismo" exageradamente instalado que, quando toca a erguer a Bandeira, "assobiamos para o lado" e cantamos o refrão do "se quiséssemos faríamos bem melhor"?

4 comentários:

Natacha disse...

Não invejo nada nos Americanos, já nem sequer os dólares (risos.

Sei que estamos (Potugal) numa má fase, e que toda a gente diz "só neste país" ... mas o que é facto é que os habitantes dos outros países dizem o mesmo acerca do deles, por isso...

PORTUGAL, PORTUGAl (do que é que tu estás à espera???... já dizia Jorge Palma)

Beijos

Ricardo disse...

Eu acho curioso essa mania do patriotismo americano. Porque no fundo, nenhum deles é americano de gema. Americanos eram os índios que dizimaram!!!

Não existe "sangue americano". É sangue inglês, holandes, frances, portugues...
Os EUA têm apenas 200 anos de história, muito menos que os nossos 900.
Eu acho que eles precisam de idolatrar uma bandeira porque no fundo pretendem é esquecer a bandeira dos seus antepassados.

Mas é só uma teoria...

paulofski disse...

Concordo com o Ricardo. O que são os americanos se não uma aculturação de povos de várias paragens. A bandeira representa essa união e eles sabem-na representar. Eu cresci no advento da chamada guerra fria. Entre uns e outros qual escolherias, perguntavam-me. Os americanos é claro, respondia. E nós? E nós continuamos a ser meros peões neste tabuleiro de agora jogo eu, agora jogas tu. O tempo das caravelas e dos descobrimentos passou há muito. A bandeira é agora outra mas a honra e o orgulho de ser português não deve ser exacerbada mas sim respeitada.

FM disse...

O texto funcionou! Quis "espicaçar" os vossos comentários, ver as vossas reacções.
Não acho que os Americanos sejam exemplo, nós é que somos uns "malandros" e, efectivamente, poderíamos e deveríamos mostrar que somos BONS... e não apenas de garganta.
Sei que a nossa cultura é "Outra".
Beijos e Abraços.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive