segunda-feira, 6 de julho de 2009

- Já reparaste?

Deveríamos ir mais vezes a exposições, a museus, ou mesmo, a feiras de antiguidades. Isto com o propósito de repararmos na evolução que tudo teve, neste caso em termos de objectos do dia-a-dia dos nossos "outros tempos". Falo dos velhinhos telefones, dos 2 ou 3 modelos de brinquedos, do discos em vinil e de um sem número de outros exemplos que já tiveram um papel marcante na nossa existência. Mais, se tivermos o cuidado de avaliar o "há quantos anos foi", repararemos que, afinal, já passaram mais anos do que imaginamos, já lá vai "muita estrada" no calendário da nossa evolução enquanto seres humanos.
Os locais que nos apresentam esse passado mais ou menos recente são uma espécie de fotografias que, além de agitarem a bandeira da saudade, conseguem mostrar que, mais do que imaginamos, o nosso percurso sofreu e sofre mais alterações do que pensávamos. Nós é que não reparamos.

3 comentários:

Eudemim disse...

Eu ainda sou do tempo do telex e da televisão a preto e branco !!! Ah e ainda tenho o meu primeiro telemóvel...quem se lembra do MIMO ?

Bjs daqui

Natacha disse...

Acho que só reparamos mesmo quando visitamos esses ditos museus. Mas, nesta altura, as evoluções tecnológicas estão tão rápidas e avançadas que quase antes de "ser" já "eram", e assim nem dá tempo de estarem já num Museu, embora já completamente ultrapassados...

Enfim... são os tempos que correm... e bem!

joana disse...

Hoje em dia é tudo paystation e tudo o mais que seja inovador.Realmente faz bem relembrar a evolução a que quase tudo foi submetido,mas há certas coisas que ficam para sempre na memoria.
Há certas coisas que por muito antigas que possam ser não me desfaço delas
Beijinhos para voces

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive