quinta-feira, 11 de junho de 2009

Verdade ou Mentira?

Se um dia destes ficássemos imbuídos de um espírito qualquer que nos obrigasse a só dizer a verdade, não sei bem porquê mas estou em crer que seríamos melhores pessoas, principalmente para com os outros, e com resultados óbvios em nós, bons resultados.
Sou da opinião que, graças a essa verdade obrigatória, acabaríamos por ter que nos adaptar a essa (então) impiedosa realidade, teríamos que nos transformar obrigatoriamente em pessoas "mais pessoas" e deixar de lado esta "moda" de inventar por tudo e por nada, de fazer crer por isto e por aquilo, por este ou aquele interesse, tantas vezes tão desinteressante.
Quanto aos efeitos "menos positivos" do "a verdade e só a verdade", bem, já estamos habituados às consequências da mentira por isso, neste caso, ao menos, seria por uma boa causa, a verdade.

6 comentários:

Nuno disse...

Não concordo plenamente, uma vez que nem toda a verdade liberta, mas que se mentíssemos só em casos onde a mentira é justificável (sim, porque há mentiras que têm justificação) acho que viveríamos muito melhor, num mundo onde a confiança se poderia respirar!

Eudemim disse...

Ora esse dia seria um dos dias mais felizes da minha vida.
As consequências da mentira são de longe muito piores que as de uma verdade menos positiva. Ainda bem que a história do Pinóquio é só nos livros senão andávamos todos doridos de tanto “levar” com narizes na tola.

Livra!!!

Bjs de verdade

FM disse...

Entre as duas opções Nuno, optaria pela Verdade... fossem quais fossem as conseuqências.
Abraço.

FM disse...

Concordo plenamente contido Eudemim.
Beijos Verdadeiros.

Natacha disse...

Pena, que algumas pessoas achem que a verdade é apenas aquilo em que crêem. Às vezes até chateia um pouco, e bem que apetece dizer: "puxa, se não te serve a verdade então vou arranjar uma mentirinha que te contente!!" - não sei mentir, ás vezes acho que é uma pena!

Para mim não quero NUNCA mentiras, nem piedosas. A verdade magoa mas não deixa ferida, pelo contrário, as feridas da mentira raramente chegam a sarar.

beijos, verdadeiros

FM disse...

Concordo contigo Natacha.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive