quarta-feira, 17 de junho de 2009

Pensamento... À minha maneira.

São muitos os que, à partida, alegam não aguentar "tanta areia na camioneta" auto-derrotando-se sem luta. Mas, na verdade, a balança só consegue pesar com peso efectivo e não funciona à base de pressupostos.
Francisco Moreira

2 comentários:

Eudemim disse...

Às vezes a carga é demasiada e verdade seja dita tem sido ultimamente e garanto que não é à conta de pressupostos.
É tudo bem real !
Não me abato facilmente, geralmente é só quando dou de caras mesmo com a “carga”.

Coragem, que é como se diz por aqui.

Bjs daqui

Natacha disse...

Tenho a "mania" de que não me deixo abater. Mas aprendi, nos entretantos, que às vezes é mesmo preciso libertarmo-nos desta máscara de fortes, dar espaço à nossa dor, ao sofrimento, e não o sufocar dentro de nós, para depois então nos reerguermos mais fortes e mais "nós".
Não foi uma desistência, foi um "time-out"
sempre na luta!

Beijinhos

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive