terça-feira, 16 de junho de 2009

Pensamento... À minha maneira.

Por muita música que se dê à vida, não há máscara que resista à verdade do tempo. Mais tarde ou mais cedo, as notas desafinam.
Francisco Moreira

3 comentários:

Natacha disse...

"... no peito dos desafinados também bate um coração..." (risos)

Desculpa lá cantar, mas não resisti!!

Maurício disse...

Mas vale a pena insistir e continuar a tocar. Um dia a gente ainda acerta...

Abraço sem máscara

Eudemim disse...

E o importante é brincar com as notas fora do tom e conseguir fazer uma sinfonia!!!

Bjs daqui de longe

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive