quarta-feira, 10 de junho de 2009

Pensamento... À minha maneira.

Independentemente dos percursos que cada um de nós adopta, há que lembrar que somos sempre um verbo que se ramifica por inúmeros adjectivos, dependendo sempre de quem nos lê.
Francisco Moreira

4 comentários:

Natacha disse...

Por isso temos é que estar sempre muito em Paz com aquilo que somos.

Beijinhos

Juliana disse...

Palavras sábias Padrinho

:)

FM disse...

O difícil Natacha, é consegui-lo...
Beijos.

FM disse...

Não são sábias Juliana, são sentidas.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive