sexta-feira, 19 de junho de 2009

Feliz Ignorante

Por mais que, aparentemente, desfrutemos desta promissora globalização, continuamos a ser uns autênticos ignorantes, estamos a quilómetros do saber mínimo que nos permitiria viver dentro da protecção desejada. É lógico que vamos aprendendo, seja à custa desta coisa estranha a que se chama Internet ou graças aos ensinamentos que vamos herdando dia após dia com o patrocínios dos "mais vividos". Mas, vendo bem as coisas, se calhar, até é bom continuarmos ignorantes, é bom continuarmos a cometer erros para connosco e para com os outros, os desta época e os das que se seguirão.
À custa desta gigante ignorância, vamos conseguindo aprender "qualquercoisita" ficando com a ideia de que somos uns instruídos de primeira. É que, se assim não fosse, esta vida de pseudo-sábios seria uma verdadeira seca, uma espécie de enciclopédia que morreria de mofo por falta de consultas.
Ah, e especialmente para aqueles que se acham entendidos, sabidos e "outras coisas mais", fiquem com a certeza de que jamais saberão o suficiente.

6 comentários:

Conversa Inútil de Roderick disse...

Podes crer! Eu nem sei como é que vim aqui parar, vê lá!!!!!!!!!!!

FM disse...

Não terá sido uma cegonha que te trouxe?! (risos)
Abraço Roderick.

Natacha disse...

Eu só sei que nada sei, como disse Sócrates. Atenção, Sócrates o filósofo, porque o "outro" acha que sabe tudo...

Beijos

FM disse...

(risos)
Tentei por diversas vezes ir ao teu cantinho... e deu sempre erro, não consegui comentar.
Beijos.

Natacha disse...

Homessa!! Que é que tem meu cantinho???
Não és tu que dizes que gtens uma "bruxa"??? Então vá, desenrrasca-te (gargalhadas!!)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Raio da cegonha!!!
Eu queria ir para o sistema Mono e fui parar ao... FM... Stéreo.
ahahahahahah

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive