segunda-feira, 29 de junho de 2009

Pensamento... À minha maneira.

A pureza é constantemente lapidada pela amargura com que os dias nos brindam. Por isso, mais do que valorizar o negro, há que destacar o colorido.

Francisco Moreira

3 comentários:

julia disse...

E não há nada que dê mais cor à nossa vida que o sorriso de uma criança.
Ainda não te perdoei por mais uma escolha infeliz do mr. sábado ;)

Eudemim disse...

Melhor ainda é destacar o colorido do negro, porque há sempre uma cor no meio para se descobrir.

Bjs daqui de longe

Natacha disse...

Não penso que a pureza seja amargurada... A pureza, se o for de facto, será sempre pureza, na paleta das cores, e até mesmo na ausência de cor...

Beijossssss

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive