segunda-feira, 9 de março de 2009

Óculos de Sol

O olhar reflecte tanto, mas tanto... E nós, que nos auto-proclamamos seres inteligentes, continuamos a não fitar com olhos de ver, com sentidos de perceber, com a régua e o esquadro que nos podem ensinar a tirar as medidas.
O olhar, mais do que muitos dos outros ensinamentos dos sentidos, pode ser a melhor cábula nos estratagemas do apoio, na parcialidade do fazer acontecer, na conquista das parcerias que geram resultados...
E nós, que nos auto-proclamamos seres espertos, continuamos a investir nos óculos escuros que, mais do que esconderem-nos, retiram-nos a hipótese de brilhar nos olhares dos outros, aqueles que também nos fariam brilhar... sem pestanejar.
Já reza a história que "quem tem olho em terra de cegos é Rei"... Por isso, por instantes, imaginemos que utilizávamos o olhar sem o véu do isolamento com que nos vestimos todos os dias... Não sei mas, parece-me que a Vida teria "outros olhos".

5 comentários:

Natacha disse...

Acredito muito no olhar, e não é à toa que se diz ser o espelho da alma. Mas também acredito no sentir, mesmo sem olhar, mesmo sem ver... e que o que daí se retira pode ser muito intenso também...

... fecha os olhos... sente só...

Beijo

FM disse...

Fechei... e gostei do que vi e senti. Sim, senti Vida à minha volta. Haverá melhor do que isso?!
Beijos com Carinho.

FM disse...

Fechei... e gostei do que vi e senti. Sim, senti Vida à minha volta. Haverá melhor do que isso?!
Beijos com Carinho.

FM disse...

Uops! Até vi e senti a dobrar... (risos)
Beijos.

Juliana disse...

É costume dizer.se que um olhar vale mais que mil palavras, e eu acredito mesmo nisso até porque é atravês do olhar de uma pessoa que conseguimos descobrir o que vai no interior da mesma, para mim um simples olhar é muito importante! :)

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive