domingo, 8 de fevereiro de 2009

KO

Não sou crítico de cinema mas, há alturas em que tenho vontade de "pedir" a toda a gente que veja um determinado filme, na expectativa de que retirem do seu todo as tantas aprendizagens que ele pode transmitir. Hoje, sinto-me assim, com vontade de comprar os bilhetes e "obrigar" meio-mundo a ir ver esta obra de arte que poderia, muito bem, adoptar o título Vida.
"O curioso caso de Benjamin Button" é o exemplo mais recente de uma história que revolta, que mexe por dentro, que dá vontade de gritar e chorar...
Este é o filme a quem eu atribuiria todos os óscares, a lição de vida que eu gostaria de manter bem viva ao longo do que resta na minha existência.
Este é um filme que, ao longo de todos os segundos, nos deixa num sufoco quase incontrolável, num efervescer revoltante que dá vontade de nos auto-insultarmos por desperdiçarmos o tanto que a vida nos dá quando, amanhã, estaremos mortos e, nem que seja no último segundo, olharemos para o espelho da memória e equacionaremos o porquê de não termos sido pessoas melhores.
"O curioso caso de Benjamin Button", quando bem interiorizado, consegue dar-nos um estalo que só não nos deixa KO porque há uma quantidade de pessoas sentadas ao nosso lado que nos "obrigam" a manter a "pose", que nos indicam o caminho para fora da sala de cinema e nos remetem para o trivial mas demasiado injusto "é um bom filme".

3 comentários:

Ka disse...

É um filme fantástico e também já falei nele à dias no BDK!

Beijinho e boa semana

paulofski disse...

Ainda não vi o filme mas pelo que tenho lido e visto sobre este curioso caso, o argumento é fenomenal, o maior medo do ser humano é morrer, temer o último momento, sentir que ele está perto, olhar-se ao espelho e perceber que os anos passaram. No fundo é o que muitos gostariam de ser, viver a vida de trás para a frente, rejuvenescer, deixar a morte e encontrar a essência de cada um.

Juliana disse...

Pelas tuas palavras o filme deve ser realmente bom Padrinho
Mal tenha um tempinho vou aproveitar para matar a curiosidade que me crias.te em relação a esse filme* depois dou.te a minha opnião :)
Bjinhos com carinho*

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive