segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Refrão

A música consegue ser o melhor dos confidentes, um dos mais disponíveis amigos e um dos mais presentes conselheiros...
Todos temos uma banda sonora "pessoal" e íntima que associamos a momentos marcantes da nossa existência, todos temos canções que fazem parte da nossa vida, e para sempre.
Logicamente que muitas dessas canções ouvidas e sentidas repetidas vezes, algumas das quais ilustradas pela lágrima no canto do olho, acabam por falecer com o apagar dessas memórias e, com o "correr do tempo", acabam por ser substituídas por "novas versões", novas melodias, novas "citações"... A vida também é feita de música e de refrões que, dependendo do estado de espírito, "elevam-nos" ou "enterram-nos", mas sempre na certeza de que nunca nos são indiferentes.
Que a vida é uma canção de amor-ódio, acredito, ninguém duvida.

14 comentários:

Lily disse...

Passei pelo seu Blog!

FM disse...

Obrigado. Espero que passe mais vezes.
Votos de Felicidade e Sucesso.

Juliana disse...

Concordo plenamente contigo Padrinho, cada momento da nossa vida seja ele mau ou bom fica sempre marcado por uma melodia que nos faz sentir aquela vontade de ouvir sempre mais uma vez. . E ao longo da vida esta vai sendo substituida por uma que avalie e condiza com o momento que está a ser vivido!

Palavras sabias as tuas :)

Beijinhoo e um xi coração aperatadinho*

FM disse...

Ainda bem que concordas, isso é importante. (sorrisos)
Não te esqueças de dar uso ao livro...
Beijos com Carinho e Até Breve.

Natacha disse...

Sempre estive muito ligada à música, como boa ouvinte, claro... e estou, sempre que posso a ouvir... e a cantar. Alegre ou triste, não importa. E, sim, tenho uma banda sonora para quease tudo na minha vida e não esqueço nenhuma.
Quantas vezes utilizo as canções para dizer exactamente aquilo que quero e que de outra forma não conseguiria transmitir!!

E agora vi que és carneiro como eu... "prontes" risos... tá explicado ;)

Beijos amigos

FM disse...

Isso de ser Carneiro, ainda por cima Carneiro-Carneiro, no meu caso... é algo demasiado "complicado". (risos)
Que a tua banda sonora seja Feliz Natacha.
Beijos.

gaivota disse...

cada música é um passo de vida!
que haja muita música entre todos!
beijinhos

FM disse...

Que haja Gaivota, e da boa. (sorrisos)
Beijos com Carinho.

blueberry disse...

Concordo e partilho o mesmo ponto de vista:

Para cada momento, uma música, uma letra que nos fala ou uma melodia que nos embala...

Só não acredito que o tempo as leve a "falecer". Umas acentuar-se-ão, outras certamentente se desvanecem... mas morrer não morrem. :)

No fundo, sempre que no rádio, num filme, num shopping essa música tocar, vai entrar pelo ouvido e chegar ao cantinho, por muito refundido que seja, onde a recordação permanece.. é quase que intemporal.. E as que forem boas, ainda nos vão adoçar a boca por muito tempo que tenha passado..

Bjs

Sunshine disse...

Há sempre uma música que marca os momentos importante da vida. Uns bons outros menos bons, são músicas que nunca morrem e apesar de estarmos mtas vezes um tempo infintivo sem as ouvir basta um pequeno acorde para as recordações surgirem em catadupa.

Desculpa a ausência (de comentários, passo por cá todos os dias mas o cansaço é imenso.

Tenho o livro sempre á mão e posso dizer que me tem animado bastante.

Bjs com mt carinho e amizade.

Lu.a disse...

Concordo, sem dúvida!!

FM disse...

Olá Blueberry, sê bem-vinda ao Essências... Regressa sempre que queiras.
Beijos com Essências.

FM disse...

Oh Sunshine, não precisas justificar-te. Estás sempre no meu coração, com mais ou menos comentários... (sorrisos)
Já tenho saudades de te ver... Essa mania de morar "longe"... (risos)
Beijos Melodiosos.

FM disse...

Gosto quando concordas Lu.a. (risos)
Beijos Concordantes.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive