quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Falta de Comparência

Irrita-me solenemente não ter tempo para o tempo, principalmente quando ando a tentar fazer da vida um "mini-curso" de gestão de tempo, tentando limar os desperdícios e somar minutos ao melhor que os momentos me podem dar. Contudo, e ao virar de cada segundo, encontro sempre uma "distracção" que me rouba desalmadamente os minutos que tento amealhar.
Irrita-me solenemente ser consumido ao instante sem tempo sequer para reajustar a agenda ou fazer uma pausa no calendário. Contudo, e apesar das reclamações aqui enunciadas, não posso deixar de frisar que sou o principal responsável pelo fluxo de acontecimentos que me descoordena, me atropela e me interpela a todo o instante.
Um dia destes vou pedir ao meu formador (eu mesmo!) que insira mais uma cadeira no tal do meu "mini-curso" de gestão de tempo, caso contrário ainda reprovo por falta de comparência... a tempo.

10 comentários:

Natacha disse...

"O tempo não sabe nada o tempo não tem razão. O tempo nunca existiu,o tempo é da nossa invenção..." Jorge Palma

"... e se fosse verdade ainda era mais bonito..." Natacha Caldeira

Risos e Beijos

paulofski disse...

Pede tempo ao tempo porque o tempo tem tempo.

Um grande abraço.

macaw disse...

é engraçado falares no tempo!
ainda no outro dia disseram-me que eu tinha uma visão diferente do tempo... forma muito original de dizer que na lista de prioridades da pessoa em causa eu apareço bem lá no fundo da dita. isto é, em termos muito simples, não há tempo para mim, porque simplesmente a pessoa tem outras coisas e pessoas bem mais importantes para ela que eu... já me vou habituando...

nos dias que correm o tempo escasseia, não há tempo para nada... eu acho que o tempo é traiçoeiro e só quando já tarde demais é que nos damos conta do tempo perdido que não volta para trás! por isso, há que saber geri-lo bem e gastá-lo no que realmente importa!

bjinhos ;)

Maurício disse...

Eu despedia o formador... (risos)
No meio do corropio diário, às vezes damos connosco a pedir que o dia tenha 48 horas. Mas nem que tivesse 100, dava sempre no mesmo, não era? Por mais que queiramos, não temos tempo para ter tempo...

Abraço

FM disse...

Foste extremamente Feliz nas citações que escolheste... Parabéns!
Beijos e Obrigado pelo Carinho e Atenção.

FM disse...

Estou farto de pedir ao tempo Paulofski, mas acho que ele anda meio "surdo"... (risos)
Abraço.

FM disse...

Macaw, quando tiveres "O Livro do Ano" nas mãos entenderás do que falo quando falo do tempo e da maneira como o desperdiçamos... É um livro feito para "reaprendermos" a usar o tempo, a nosso favor.
Beijos com Carinho.

FM disse...

(risos) Maurício!
Eu estou farto de o despedir mas, na falta de alternativas, acabo sempre por readmiti-lo. (risos)
Abraço.

macaw disse...

bem, não vejo a hora de ter o Livro do Ano nas minhas mãos!

eu acho que entrei num ciclo vicioso, porque há já muitos anos que digo a mim própria que tenho de aproveitar melhor esta vida antes que seja tarde demais! mas, não vejo forma de o fazer! tenho sempre a sensação que perco demasiado tempo a pensar, deixo-me afectar por situações e pessoas sem necessidade e o resultado é sempre o mesmo, perco tempo! eu preciso de uma mudança, mas daquelas radicais, para poder ser capaz de aproveitar melhor esta vida e o tempo!
enfim, pode ser que estas "férias" do natal sozinha me ajudem a colocar as ideias no lugar!

bjinhos ;)

FM disse...

A vida é uma escola Macaw, estamos nela para aprender... Nos entretantos devemos tentar retirar sumo e prazer... Chama-se a isso evolução e "saborear".
Beijos com Carinho.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive