terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Espera Precoce

Há quem diga que saber esperar é uma virtude. E muito provavelmente têm razão. Mas, quando ouço esta "sentença", fico sempre na dúvida sobre as habilitações de quem faz de cronómetro do "esperar"... Estará esse Ser em condições de o fazer, de operar e/ou equilibrar a espera? E como é que nos avisa que chegou ao fim a tal espera? Como é que sabemos quando devemos avançar?
Será que a virtude compensa ou recompensa? E se o seu prémio for de qualidade inferior ao do resultado do "não esperar"? Quem saldará as contas? Quem compartilhará as cicatrizes? Quem se responsabilizará por encontrar um meio de transporte que nos coloque exactamente onde poderíamos estar?
Sim, eu sei que as recompensas só devem ser avaliadas depois de colocadas na balança e que, em muitos dos casos, a espera "paga melhor", quanto mais não seja no evitar dos erros da "precipitação"...
Confesso que não sou grande amigo da "espera", pelo contrário... E com estas palavras tento apenas justificar-me ou convencer-me de que, se esperasse, muito provavelmente não estaria aqui, como estou... Mas poderia estar ainda melhor, ou talvez não.
No fundo, no fundo, apetece-me é encontrar o tal Ser do cronómetro só para lhe perguntar qual é o balanço que faz do meu "não esperar"... Apetece-me saber se o meu caminho está no "ganhar" ou "perder".

10 comentários:

Maurício disse...

Acho que o tal Ser dirá apenas que tem mais valor o que se faz sem esperar... recompensa.
E quando assim fazemos, acredito que o "cronometrista" nos dá um prolongamento... de Felicidade.

Abraço

FM disse...

E eu preciso tanto de prolongamentos... (sorrisos)
Abraço.

Sunshine disse...

Saber esperar até que pode ser uma virtude mas "quem espera desespera" e se há coisas que me fazem desesperar é a falta de pontualidade de algumas pessoas, isto no que se refere a esperar por alguém.

Contráriamente á situação anterior sou bastante paciente e espero com calma por algo melhor, aí sim acho saber esperar é realmente uma virtude que, na maior parte das vezes, é recompensada.

Ás vezes falha ... mas o que é que não falha???

Bjs

macaw disse...

eu gosto de acreditar que quem espera sempre alcança!
mas, confesso que esperar muitas vezes não é comigo, pois em certas situações, por um motivo ou outro, não tenho paciência, ou a ansiedade é muita, ou o desejo, ehhehe

mas, acho que o problema da espera vai mais longe ainda... há situações em que realmente é necessário ter paciência e saber esperar, caso contrário podemos estragar oportunidades... por outro lado, há alturas em que não se pode esperar, temos de agir e muitas vezes o mais rápido possível!

e agora?

há que ter calma, avaliar as situações e decidir qual o melhor caminho, esperar ou agir!!!


bjinhos ;)

paulofski disse...

É uma virtude saber esperar, até porque se deve apreciar o tempo de espera como algo que cresce, a vontade, sem pressas desnecessárias, viver a ansiedade com paciência.

Quando se espera um filho, temos pressa de o conhecer mas é necessário esperar que a natureza faça o seu papel.

Abraço

Natacha disse...

Saber esperar é uma arte... confesso não ser grande artista, neste caso (risos)...

Ou melhor, refazendo o escrito, esperar, eu espero, e muito, mas não com a serenidade que seria desejável, o que me leva a ... desesperar muitas vezes...

Mas continuo a acreditar que o que espero se realizará...

Beijos

FM disse...

Logica interessante a tua Sunshine... (risos)
Gostei... Perdoa o atraso na resposta ao teu comentário. (risos)
Beijos com Carinho.

FM disse...

Como em tudo Macaw, há sempre mais do que um lado... Se fossemos todos amarelos também não tinha piada.
Beijos.

FM disse...

Que grande verdade Paulofski, e logo nós que somos uns apressados, falo por mim, está claro.
Abraço Demorado. (risos)

FM disse...

Já (não) somos dois Natacha... (risos)
Beijos com Carinho.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive