sábado, 12 de julho de 2008

Quem és? Quem sou? Quem fomos?

E de repente, o "21 anos depois" ficou para a história... Poderia muito bem ser este o título da reunião de parte de antigos alunos de uma turma do secundário que, por acaso, era conhecida em 1987 como 9º G.
Hoje, com os tais 21 anos de distância, dei comigo a recuperar rostos, histórias, formas de estar e, não menos importante, a recuperar um apelido que, na altura, usava como uma espécie de "arma de guerra". Sim, já fui conhecido por Kiko, era assim que todos me conheciam, era assim que exigia ser tratado, inclusive por professores. E neste caso, dois deles, com os tais 21 anos em cima, mantêm-se verdadeiramente "idênticos" à imagem que visualizei sem recurso ao "photoshop" do passado, ao ponto de eu me sentir ainda mais velho do que aquilo que o espelho faz qestão de me relembrar todas as manhãs.
Encontrei-os a todos (alunos e professores) a meio do meu stresse de fim-de-semana, entre uma canção e uma decisão, entre um "olá" e um olhar, entre a memória e um "tenho que ir".
Foi bom sentir novamente aquelas pessoas, aqueles agora adultos - quase todos com filhos, que hoje aceitaram o convite de um deles para dissecar fotografias e comentários de uma altura que... "já lá vai".
Confesso que não é normal, que não é todos os dias que ouço histórias deste género, e convém ter em atenção que não estamos a falar de encontros de amigos do Ultramar, estamos a falar de "putos" na idade do "sei tudo" que prometem "mares e fundos" que o calendário, convenhamos, apaga ao virar do primeiro emprego, do primeiro casamento, do primeiro "até um dia destes"... Hoje, a dada altura, senti vontade de voltar à escola, de percorrer os corredores, de ouvir o toque da campainha, de sentir o cheiro das faltas trocadas pelo bilhar, de organizar passeios com mais ou menos amendoeiras, de voltar a sonhar com o que "queria ser quando fosse ainda maior"...
No alcatrão até casa dei comigo a repetir o "já passaram 21 anos" mais uma série de vezes enquanto recordava cada rosto, cada detalhe, cada história, aquelas fotografias religiosamente guardadas ou, se preferirmos, nunca "queimadas". Hoje, com um teclado à frente, apetece-me dizer que, mesmo no meio de mais um dia de confusão, consegui saborear mais um pouco do sumo da vida, aquele que, afinal, prova que os laços também ficam, mesmo quando quase tudo e todos nos tentam fazer não acreditar no "Até Sempre!".
(feitas as contas, senti que todos estão "iguais", cada um à sua maneira, mas perfeitamente "iguais")

20 comentários:

Maria Manuela disse...

Ai quanta nostalgia...
bjo

FM disse...

A nostalgia faz bem à alma... (sorrisos)
Beijos.

Sunshine disse...

O encontro com o passado pode ser repleto de surpresas boas. Aconteceu-me, não um encontro com uma turma inteira, mas com uma amiga de há 20 anos atrás. As nossas vidas afastaram-nos, mas quando ambas passámos por fases difíceis das nossas vidas soubemos que podíamos contar uma com a outra. E falamos ao telefone com a mesma proximidade de outros tempos.
Beijinhos

Estrela do Sul disse...

“Para você o carinho...
da minha amizade”

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

toni disse...

Grande KIKO, outra coisa nao era de esperar. Um abraço apertado como um porto de abrigo

Filipa Sousa disse...

É sempre bom recordar momentos da nossa infancia ou da adolescencia...especialmente porque se o fazemos e os partilhamos é porque foram positivos.

Bjinhos

Multiolhares disse...

Recordar os instantes que tudo é possível,
Em que ainda pensamos mudar o mundo,
Sonhos, quimeras, recordadas mais tarde (21 anos),
São esses pequenos momentos que se chamam felicidade
bj

R Lima disse...

Um dia especial a você e a mim também.

Abçs meu caro,


Texto de hoje: 33 aNos...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

manuf disse...

kiko!
Gostei de te ler, rapaz, mais não tivesse sido o teu prof de Português, um dos tais do "21 anos atrás". Mas o que eu realmente gostei de ver em ti e nos outros foi o presente, naquele momento em que estivemos juntos, apreciar como "cresceram" todos, como se sentem na vida e como a sentem também. As faces, os olhares, as vozes de há 21 anos também lá estavam e ter trazido tudo para ESTE tempo deixou-me muitíssimo feliz.
Um abraço

FM disse...

Podes crer Sunshine. Fico feliz com o teu "reencontro"... É bom sentir que tivemos uma vida, laços, histórias partilhadas...
Beijos.

FM disse...

Abraço Estrela.
Votos de uma Boa Seamana.

FM disse...

Olá Toni! Sê muito bem-vindo ao Bloguinho. Espero que continues a passar por cá, a comentar, a manter contacto... Foi mesmo um prazer.
Abraço e Obrigado.

FM disse...

E foram, foram muito positivos Filipa.
Beijos.

FM disse...

Também acho Multiolhares. Senti-me naquele tempo novamente e com ainda mais saudades...
Beijos.

FM disse...

Ok R Lima, igualmente.

FM disse...

Obrigado Manuf.
O prazer em ser lido por ti é meu. Obrigado.
Foi um prazer imenso ter sido teu aluno, continuarás a marcar presença na minha história como um ser muito interesante, importante, marcante.
Espero e desejo que continues a pasar por cá, que continues a estar "mais próximo", mais presente ainda.
Um forte Abraço de Amizade e Respeito.
Kiko (sorrisos)

Mary disse...

Foi sem dúvida um momento bonito...eu presenciei uma parte e achei fantástico as bonitas recordações de todos vocês, de há 21 anos atrás!!!!
E tu Kiko, proporcionaste momentos muito bonitos a todos aqueles que estiveram contigo...e sei bem que continuarás a proporcioná-los...a eles e a todos nós!!!!!
beijocas KIKO :))))))

Sunshine disse...

Olá FM!! (ou Kiko)

Essse encontro deve ter sido uma experiência muito boa. Rever os colegas de escola e professores ao fim de tanto tempo deve ser um reencontro com o passado que enriquece a vida. Recordar os momentos da juventude, as pripécias e tudo o mais e sentir de novo as amizades, nota-se no post que ficaste feliz.

Bjinhos

FM disse...

É Marty, goza, goza... Deves te ter divertido à brava com as minhas figurinhas... (risos)
Beijos com Carinho.

FM disse...

Foi Sunshine, foi muito bom. Dá para perceber no que escrevi imediatamente a seguir... Ainda com as emoções a fervilhar.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive