sábado, 10 de maio de 2008

Fazem?!

Quando me deparo com estas imagens sinto-me velho, mesmo velho... E é então que a saudade bate mais forte e recordo com sorrisos e ternura certas e marcantes alturas da minha vida.
Aos sábados, por volta desta hora, estaria à espera do "Espaço 1999" e da Maya, aquela "transformista" do futuro que era a paixão de todos os que religiosamente viam este programa de culto. E no resto da semana, por vezes, investia-me num dos "bons" e eliminava uma boa percentagem dos "maus", tudo graças aquela arma de raios laser que matavam quem se atravessasse no meu caminho de "herói".
Hoje, infelizmente, a televisão já não tem o mesmo peso em termos de fantasia, em termos de "exemplo a seguir"... Tenho pena de não ter tempo para procurar por um "Espaço 1999" nos cerca de 200 canais que, diz o fornecedor, me fazem companhia. Fazem?!

6 comentários:

Angel of Light disse...

Espaço 1999... e nós que já em 2008estamos. E quem não adorava a Maya... Velhos tempos, muito bons! E não vias a Galactica? Foi transmitida mais tarde, mas não perdia um... Ai aquele Apollo e Starbuck faziam as delícias das meninas daquele tempo... Velhos tempos... belíssimos tempos...

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

FM disse...

Eu, nessa altura, via tudo, tudo... Bons tempos... a recordar, sempre.
Beijos.

Patti disse...

Eu não.
Sinto-me contente, muito contente por ter feito parte do nascimento da ficção científica na televisão.

Sou fã de ficção científica.

FM disse...

E fica-te bem seres fã Patti.
Beijos Grande... e real.

BlueVelvet disse...

a mim não fazem companhia.
Não tenho tempo e também não ligo muito a televisão.
Mas quando era miúda adorava e via o Espaço 1999.
Veludinhos azuis

paulofski disse...

Então, mas já não reposta na RTP Memória recentemente?

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive