quarta-feira, 30 de abril de 2008

Trapos

Cada vez mais se liga ao aspecto visual, por vezes mesmo em detrimento do "aspecto intelectual". Logicamente que uma jarra merece um olhar mais atento em função das flores que a estão a colorir... Mas daí a tirar conclusões precipitadas, afinal, nem sempre vai uma grande distância.
É uma pena que, nem sempre, possamos juntar o útil ao agradável e retocar com o "photoshop" certos e determinados "ramos verdes" do nosso panorama pseudo-intelectual. É uma pena que sejamos tantas vezes "obrigados" a aceitar que um "burro" vista D&G e que um "lince" se disfarce de "fato-macaco", sem menosprezar o macaco.
Nesta sociedade onde o "fato" consegue comprar o "D&G" é natural que nos sintamos um verdadeiro "trapo sem estação" e que o espelho se recuse a ver-nos de frente. É que, por vezes, mais vale um "burro" com canudo do que um "lince" com conhecimento.

6 comentários:

Dama de Cinzas disse...

"mais vale um "burro" com canudo do que um "lince" com conhecimento."

Gostei disso e tenho exemplos ao meu lado!

Beijos

Ricardo disse...

Eu prefiro:

"Mais vale rico e saudável que pobre e doente"

FM disse...

Também achei interessante a frase, algo exagerada mas... interessane. (risos)
Beijos Dama.

FM disse...

Ok, há gostos e gostos Ricardo... Correu bem a investida pela Roménia? (risos)
Abraço.

Sunshine disse...

Costuma dizer o meu pai, citando alguém cujo nome não consigo lembrar: " Quem dá mais importância ao que veste do que ao que é, é porque vale muito pouco.

FM disse...

O teu pai, muito provavelmente, tem toda a razão... Sunshine.
Beijos.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Sempre algures entre o hoje e o amanhã, sem esquecer a memória.

JACKPOT

JACKPOT
Música Anos 70, 80 e 90

Porto Canal

Porto Canal

O Livro do Ano

O Livro do Ano
Escrito por uma Deusa e um Sonhador... em nome de um Ângelo

...Sempre...

...Sempre...

Blog Archive